Fonte: OpenWeather

    Medida


    Suspensão de corte de água é prorrogada por mais 60 dias em Manaus

    A decisão visa assegurar à população de baixa renda a continuidade dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário durante a pandemia

      

    | Foto: Divulgação

    Manaus - A suspensão do corte no fornecimento de água tratada para os usuários da Tarifa Social, em decorrência de inadimplência ocorrida durante o período da pandemia da Covid-19, foi prorrogado por mais 60 dias. A medida segue até 31 de agosto de 2021 e beneficia aproximadamente 65 mil famílias de diversas zonas da cidade.

    "

    Por mais que a vacinação esteja avançando em Manaus e os casos de Covid-19 tenham diminuído na capital, ainda estamos em pandemia e não podemos deixar que falte água nas casas destas pessoas mais carentes, por ser um item essencial para a higiene tão fundamental para evitar a propagação do novo coronavírus, como também para preparar alimentos. Prorroguei por mais 60 dias a suspensão do corte e, se for necessário, prorrogo por mais tempo "

    David Almeida, prefeito

     

    A decisão foi publicada na edição desta segunda-feira (28), do Diário Oficial do Município (DOM) que circulou nesta terça-feira (29), e visa assegurar à população de baixa renda a continuidade dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário durante a pandemia.

     

    A iniciativa do prefeito encontrou amparo no relatório técnico da Diretoria de Gestão Econômica e Tarifária da Ageman, que reforçou a necessidade de prorrogação da medida em virtude do emprego urgente de medidas sanitárias, a fim de evitar a disseminação do vírus da Covid-19.
    A iniciativa do prefeito encontrou amparo no relatório técnico da Diretoria de Gestão Econômica e Tarifária da Ageman, que reforçou a necessidade de prorrogação da medida em virtude do emprego urgente de medidas sanitárias, a fim de evitar a disseminação do vírus da Covid-19. | Foto: Semcom

      Conforme o decreto, para os usuários que não estão enquadrados como beneficiários do Tarifa Social e que possuem contas em atraso em decorrência da pandemia, a concessionária Águas de Manaus deverá oferecer condições especiais para o pagamento e parcelamento dos débitos, cujas regras deverão ser definidas pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), a qual também é responsável pelo acompanhamento e fiscalização do cumprimento do referido decreto.  

    Denuncias

    A iniciativa do prefeito encontrou amparo no relatório técnico da Diretoria de Gestão Econômica e Tarifária da Ageman, que reforçou a necessidade de prorrogação da medida em virtude do emprego urgente de medidas sanitárias, a fim de evitar a disseminação do vírus da Covid-19.

    Caso ocorra o descumprimento do decreto por parte da concessionária Águas de Manaus, o usuário pode acionar a Ouvidoria da Ageman, que atende as demandas pelo 0800-092-3511, pelo whatsapp 98842-5821, site www.ageman.manaus.am.gov.br/ouvidoria, e-mail [email protected] ou ainda nas redes sociais @ageman_manaus.   

    Leia mais: 

    Prefeito de Manaus anuncia memorial para as vítimas da Covid-19

    'Zé do Caixão', servidor do SOS Funeral, morre atropelado em Manaus

    Moradores do Lago Azul voltam a pedir socorro por infraestrutura