Fonte: OpenWeather

    Vazante em Manaus


    Após cheia histórica, Rio Negro desce mais 3 centímetros em Manaus

    Desde o início da semana, até agora, foram seis centímetros, atual marca é de 29,91

     

    O processo de vazante continua
    O processo de vazante continua | Foto: Brayan Riker

    Manaus -  O nível do rio Negro desceu mais três centímetros nesta sexta-feira (02), em Manaus, marcando 29,91 metros, o que revela o período de vazante, após a cheia histórica que alagou diversos bairros da cidade, inclusive parte da área central.

    Desde o início da semana, até agora, o rio baixou seis centímetros. Na última segunda – feira (29), o registro marcou 29,97 metros.

    O fenômeno de descida das águas está dentro do previsto pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM). A pesquisadora Luna Gripp, do Serviço de Alerta Hidrológico do CPRM, disse que a baixa em variações da ordem de um centímetro ocorrerá de forma lenta. "Essa baixa é sempre gradual, a probabilidade é que comece a baixar um centímetro por dia, depois dois, depois três, isso vai variando, lentamente. Não é de uma hora para outra”, afirma.

    No ano passado, o nível das águas chegou a 28,52 metros no mesmo mês. Em 2021, ocorreu a maior cheia do rio desde 1902, quando teve início o processo de medição. 

    Combate a cheia


    A Prefeitura de Manaus e o Governo do Amazonas realizam ações para enfrentamento da cheia. Mais de dois mil cartões do "Auxílio Operação Cheia 2021" foram entregues pela Prefeitura de Manaus, esta semana, por meio do Fundo Manaus Solidária.

    Em Parintins, distante 369 km da capital, o município recebeu mais de 9 mil cartões, o que significa um apoio direto de R$ 2 milhões no social e na economia. 

    Leia mais

    Vazante: Rio Negro em Manaus desce mais dois centímetros em 24 horas

    Rio Negro desce mais um centímetro e chega a 29,98 metros em Manaus

    Rio Negro desce mais 1 cm e Manaus segue em estado de emergência