Fonte: OpenWeather

    Vacinação


    Covid: 19: Amazonas avança na vacinação de faixas etárias

    Com empenho na distribuição e aplicação de vacinas pelas equipes municipais, 15 municípios já vacinam a partir dos 18 anos

     

    De acordo com a FVS, o esforço da força-tarefa montada, em conjunto com as equipes de saúde municipais, possibilita o avanço na imunização por idade.
    De acordo com a FVS, o esforço da força-tarefa montada, em conjunto com as equipes de saúde municipais, possibilita o avanço na imunização por idade. | Foto: Secom

    Manaus -O avanço da vacinação é uma esperança para a população do Amazonas voltar a ter uma vida normal. Ao todo, conforme dados da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), 15 municípios já imunizam a partir dos 18 anos e o restante a partir dos 30 anos de idade, confirmando o empenho na organização logística, capacitação e distribuição dos imunizantes para todos os municípios do Amazonas.

    De acordo com a FVS, o esforço da força-tarefa montada, em conjunto com as equipes de saúde municipais, possibilita o avanço na imunização por idade. Outro fator que influencia no resultado é a intensificação da vacinação por meio dos “mutirões”, os quais já alcançaram cinco municípios, incluindo a capital e interior, com previsão para chegar a outras localidades nos próximos meses. 

    "

    É um desafio onde nós estamos buscando apoiar todos os municípios e incentivar sempre a questão da aplicação das doses, além, claro, da informação correta. É preciso não só aplicar, mas informar corretamente, até porque essa é a primeira campanha que é nominal. Até então as campanhas não eram feitas dessa forma. É todo um trabalho de capacitação em todas as direções, para que a gente possa avançar de maneira correta "

    Josy Dias, enfermeira do Programa Nacional de Imunização da FVS-AM

     

    Parcerias

    O Governo do Amazonas tem reforçado as parcerias, no intuito de abastecer a rede de saúde de todos os municípios para vacinar a população, incluindo as cidades mais afastadas, conforme explica a enfermeira Josy Dias.

    “Essa força-tarefa tem sido trabalhada, principalmente, com a Casa Militar. Eles têm nos apoiado na questão do envio das vacinas, sobretudo nos municípios de difícil acesso, então, em toda remessa eles nos apoiam com o envio. Toda semana eles estão nos apoiando em garantir que as doses cheguem aos municípios mais distantes”, enfatizou.

    Carregamentos 

      Dos últimos três carregamentos de vacinas entregues ao Amazonas – 115.770 no dia 3 de julho, 67.390 no dia 1º de julho e 106 mil no dia 24 de junho - os esforços já permitiram repassar as doses do dia 24 de junho para 57 municípios, enquanto 18 municípios já realizaram a retirada das doses do lote entregue no dia 1º de julho. As vacinas referentes ao lote do dia 3 de julho aguardam nota técnica para começarem a ser distribuídas.  

    Ainda conforme a enfermeira do PNI, atualmente todos os municípios dispõem de vacinas para aplicação da primeira e segunda doses (D1 e D2), e o objetivo é reduzir os casos de Covid-19. “Temos conseguido um grande número de doses aplicadas e a melhoria na questão da diminuição dos casos. E é essa a nossa intenção: trabalhar na vacinação em todo estado, junto aos municípios e auxiliando em todas as dificuldades”, destacou a enfermeira;

    *Com informações da assessoria

    Leia mais: 

    Vacinação contra influenza termina na próxima sexta-feira (9)

    Amazonas tem redução de 30% de mortes por Covid-19, aponta FVS-AM

    Em Manaus, 22% da população com idade para vacinar já está imunizada