Fonte: OpenWeather

    Saneamento básico


    AM conclui testes da maior Estação de Tratamento de Esgoto do Norte

    O sistema vai beneficiar mais de 190 mil pessoas com coleta e tratamento de esgoto no Amazonas

     

    O sistema vai beneficiar mais de 190 mil pessoas
    O sistema vai beneficiar mais de 190 mil pessoas | Foto: Tiago Corrêa / UGPE

    Manaus - O Amazonas terá a maior estação de esgoto do Norte do país, construída pela terceira fase do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim). 

    Com previsão de entrega no início do segundo semestre, a ETE do Prosamim vai ser a maior estação de tratamento de esgoto da região Norte do país e terá capacidade para tratar até 300 litros de esgoto por segundo (l/s). 

    O Governo do Estado, por meio da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) e acompanhada de uma comissão mista com técnicos do município  concluíram, nesta terça-feira (13), os testes finais na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Prosamim, com o intuito de atestar a funcionalidade dos equipamentos. 

    A comissão que acompanha os testes é composta por técnicos da concessionária Águas de Manaus, Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), agentes da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Agemam) e da equipe de engenharia da UGPE.

      Segundo a engenheira da UGPE, Tatiana Lachi, os testes iniciaram no início do ano e possuem o intuito de que após a conclusão das obras, e da verificação da perfeita funcionalidade das mesmas, o estado realize o repasse das obras executadas pelo Prosamim ao município.


    Lachi também explica que esse é o teste final, e tem o objetivo verificar a funcionalidade de automação, partes mecânicas e elétricas dos equipamentos da ETE, junto aos órgãos que serão responsáveis pela operação do sistema.

    “Os testes são para verificar o funcionamento que está previsto no projeto e são necessários para compor o relatório técnico, que vai estar inserido no termo de entrega”, explica.

    A construção da ETE faz parte do Sistema de Esgotamento Sanitário construído na bacia do São Raimundo, durante a terceira fase do programa, e que engloba além da ETE, a construção de 39km de redes de coleta de esgoto e seis estações elevatórias, distribuídas nos bairros do Presidente Vargas, Aparecida, São Raimundo, Santo Antônio, Glória e Centro. O sistema vai beneficiar mais de 190 mil pessoas com coleta e tratamento de esgoto.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Saneamento básico, direito fundamental e universal

    500 famílias serão sorteadas para unidades do residencial Manauara 2