Fonte: OpenWeather

    Ingestão


    Duas pessoas são internadas com suspeita de ingerir tucumã contaminado

    A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de Manacapuru divulgou uma nota confirmando os casos nesta manhã

     

    Além das duas internações, mais 30 casos são suspeitos
    Além das duas internações, mais 30 casos são suspeitos | Foto: Reprodução


    Manaus - Após um menino de 8 anos morrer por ingestão de um tucumã envenenado em Manacapuru, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) confirmou mais dois casos de internação.

    A Fundação já investigas os casos como suspeita de um surto de Doença Transmitida por Alimento (DTA), causado por ingestão de tucumã, na comunidade Irapajé, na zona rural de Manacapuru (a 68 quilômetros a oeste de Manaus).

    Além das duas internações, mais 30 casos são suspeitos de terem ingerido o fruto e apresentarem  sintomas de diarreia (coloração esverdeada), náuseas, vômito, dor epigástrica intensa e febre após a ingestão do tucumã.  

    A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) divulgou uma nota confirmando os casos nesta manhã (14).

    “Informamos a todos que amostras do fruto consumido já foram enviadas para o laboratório da FVS/AM em Manaus para que possam ser analisadas. No entanto, pedimos a população que não consuma o tucumã, especialmente oriundos das comunidades do Rio Manacapuru até que esta Secretaria possa manifestar-se com clareza e evidências acerca do agente causador desse surto de infecção alimentar ocorrido nestes dias”, disse a nota. 

     

    A nota explica sobre o assunto
    A nota explica sobre o assunto | Foto: Reprodução

    O chefe do Departamento de Vigilância Epidemiológica da FVS-RCP (DVE/FVS-RCP), Alexsandro Xavier, aponta que a investigação oportuna do surto notificado permite a identificação e eliminação das fontes de contaminação e controlar os casos confirmados da doença.

    “Serão analisadas as amostras em laboratório para elucidar a provável causa e poder confirmar a existência do surto”, acrescenta.

    Menino de 8 anos morreu

    A cidade da ciranda está em luto devido a morte de Kaio Nascimento Maia, de 8 anos. A suspeita é que ele tenha ingerido um dos tucumãs envenenados. 

     

    A causa da morte da criança ainda deve ser investigada
    A causa da morte da criança ainda deve ser investigada | Foto: Reprodução

    A escola onde ele estudava, o CETI Washington Luís Régis da Silva,  emitiu nota de pesar lamentando a morte do menino. 

    "O estudante com tanto entusiasmo e tantas histórias ainda para escrever, nos deixa tão precocemente por causa da ingestão de um fruto envenenado. A escola encontra-se em luto. Todos os professores e funcionários estão com uma tristeza imensurável por saber que nosso Kaio Maia não retornará no próximo dia de aula, mas suas lembranças estarão vivas para todos nós. Que nosso pai celestial conforme sua família e traga consolo aos corações, principalmente das professoras Edilene Menezes e Maria Odety que terão lembranças da criança alegre, solicita e amorosa que nosso "bebê" era e sempre será lembrado por nós assim", disse a nota.

    A causa da morte da criança ainda deve ser investigada e confirmada pela Semsa do município.  

    Recomendação

    O aviso é destinado principalmente para moradores da localidade do Irapajé, localizado no Rio Manacapuru, para que não consumam fruto neste momento. Segundo nota da Semsa, desde o último domingo (11), o hospital geral de Manacapuru registrou inúmeros casos de pessoas com sintomas de diarreia (coloração esverdeada), náuseas, vômito, dor epigástrica intensa e febre após a ingestão da fruta citada. 

    “Informamos a todos que amostras do fruto consumido já foram enviadas para o laboratório da FVS/AM em Manaus para que possam ser analisadas. No entanto, pedimos a população que não consuma o tucumã, especialmente oriundos das comunidades do Rio Manacapuru", completou a nota. 

    Leia mais:

    FVS-AM investiga casos de ingestão de tucumã infectado em Manacapuru

    Amazonas faz alerta sobre consumo de tucumã infectado; veja onde

    Tucumã: o fruto da Amazônia que pode substituir o azeite de dendê