Fonte: OpenWeather

    ABANDONO


    Em Iranduba, comunitários denunciam abandono das vias públicas

    Localizada no ramal do Lago Janauari, no km 08, da estrada Manoel Urbano, a comunidade São José Opérario II se sente esquecida pelo poder público municipal.

     

    A comunidade necessita urgentemente da presença do poder público
    A comunidade necessita urgentemente da presença do poder público | Foto: César Gomes

    Iranduba - Moradores da Comunidade São José Operário II, localizada no km 08, na estrada Manoel Urbano, no ramal do Lago do Janaurari, do município de Iranduba (a 29 quilômetros de Manaus) reclamam da manutenção das vias do local. Por toda a comunidade, é enorme o número de buracos nas vias, dificultando os veículos trafegarem. Carros de grande porte são os que mais tem dificuldade de acesso à região para atender os moradores. 

    “Estou, simplesmente, farta! Quero que olhem para o Janauari. Na hora de pedir nossos votos vieram aqui. Era sorriso para cá, para lá. E, agora? Não temos mais valor nenhum? Ficamos uns esquecidos, como sempre? ”, disse a estudante Jaiane Freitas, de 18 anos, que cresceu na comunidade. 

    A estudante diz que os idosos e crianças são os que mais sofrem com o acesso ao local.

    "

    Noutro dia, teve uma senhora que quase leva uma queda, andando nesse barro horrível. Aqui é buraco e barro, buraco e barro, buraco e barro. Tem uma escola da Prefeitura aqui que as crianças do ramal padecem para chegar, de tanta buraqueira e veículos emperrando. As que vem a pé, em dias de chuva, ficam sujas de lama "

    Jaiane Freitas, de 18 anos, moradora

     

     

    Frank Marinho, de 18 anos, pede socorro para a infraestrutura da Comunidade São José Operário II.
    Frank Marinho, de 18 anos, pede socorro para a infraestrutura da Comunidade São José Operário II. | Foto: Carlos Araújo

    Outro que está revoltado com a situação é Frank Marinho, de 18 anos, autônomo, que pede socorro para a infraestrutura da São José Operário II.

    "

    A gente sofre, aqui! Até quando vamos viver neste desrespeito. Precisamos que algo seja feito para acabar com essa quantidade de buracos. Os moradores precisam de uma resposta "

    , Frank Marinho, de 18 anos

     

    Vias da comunidade precisam de manutenção há anos.
    Vias da comunidade precisam de manutenção há anos. | Foto: César Gomes

    Fachada da escola precisa de manutenção

    Segundo os moradores, a Escola Municipal Independência, que fica na comunidade, está com a fachada precisando de pintura e a via principal, que dá acesso à unidade de ensino, precisa ser asfaltada.

    "

    Essa escola é muito importante para nossas crianças. Ver a frente dela desse jeito, precisando de uma pintura melhor na frente. Vendo muitos dos alunos sofrendo a pé e precisando asfaltar a rua principal daqui, dói no coração da gente. E quando os carros emperram, aí. Não sobem essa ladeira. É um inferno de buracos "

    morador de 40 anos, que não quis ser identificado

     

    Fachada da escola precisa de pintura e limpeza.
    Fachada da escola precisa de pintura e limpeza. | Foto: César Gomes

     

    Buracos nas vias públicas é um problema antigo da comunidade
    Buracos nas vias públicas é um problema antigo da comunidade | Foto: César Gomes

    O que a Prefeitura de Iranduba diz

    O Em Tempo entrou em contato com a Prefeitura de Iranduba. Conforme a assessoria, já existe um projeto para atender aos moradores da comunidade de São José Operário II, bem como as comunidades próximas do ramal do Janauari.

     

    Ramal está cheio de buracos.
    Ramal está cheio de buracos. | Foto: César Gomes

     

    Lama e buracos dificultam o acesso à comunidade.
    Lama e buracos dificultam o acesso à comunidade. | Foto: César Gomes

    Acompanhe pedido dos moradores: 

    Capa do Vídeo
    | Autor:
     

    Leia mais: 

    Além do tucumã, água também é analisada após surto em Manacapuru

    Obras viárias do Distrito Industrial l serão concluídas em 60 dias

    Coari sofre com quedas de energia elétrica e lixão a céu aberto