Fonte: OpenWeather

    Medidas de prevenção


    Comitê muda decreto e recebe proposta para evento teste no Amazonas

    A partir de segunda-feira (26), será ampliada a ocupação permitida nas viagens acima de uma hora em lanchas; veja outras mudanças

     

    Capacidade vai aumentar de 50% para 70% em lanchas
    Capacidade vai aumentar de 50% para 70% em lanchas | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - O Comitê Intersetorial de Enfrentamento à Covid-19, do Governo do Amazonas, recebeu, de representantes do segmento do entretenimento, proposta para realização de um evento teste que será avaliada pelas autoridades sanitárias do Estado. O documento chegou ao comitê na sexta-feira (23), quando foram avaliados os dados epidemiológicos e de assistência à saúde. Na reunião, o grupo decidiu manter a restrição de circulação entre 1h e 5h pelos próximos 15 dias.

    O secretário de Estado da Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo, disse que os indicadores relacionados à pandemia e o avanço da vacinação permitem avaliar os pleitos da categoria. A proposta é que o evento teste seja realizado em setembro, mas a sugestão de data ainda será analisada.

    “Faz-se necessário uma potencialização e um avanço da segunda dose para se ter assegurada a saúde das pessoas. O evento teste que certamente seguirá os protocolos baseados nos cases, o que dá a gente uma segurança de que se consegue fazer algo no mesmo formato que vai permitir que o setor se movimente, gere emprego e, ao mesmo tempo, assegure a saúde das pessoas que irão participar do evento”, explicou o secretário.

    Indicadores

    Na reunião do comitê também foram analisados os indicadores relacionados à pandemia. Entre os 26 estados e o Distrito Federal, o Amazonas é o 20° em incidência da doença. A taxa de transmissão atual é igual a 0.98, o que indica que de cada 100 infectados, poderão transmitir para 98 pessoas. A média móvel de novos casos reduziu 5% no estado. Já a média de mortes caiu 6%.

    Segundo o diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), Cristiano Fernandes, o cenário é mais favorável, mas o estado ainda não está livre da doença. “Nós temos registro de ocorrências de novos casos, diariamente a FVS emite um boletim com dados epidemiológicos, tanto com os casos de infecção, quanto os casos de internação, óbitos, mas o vírus ainda circula e as medidas de prevenção devem ser adotadas pela população, mesmo as pessoas vacinadas”, disse Cristiano.

    Mudanças no decreto

    Além de manter o horário de restrição entre 1h e 5h, por mais 15 dias, o comitê decidiu fazer duas alterações nas medidas adotadas para conter o avanço da pandemia. Será permitido, a partir da próxima segunda-feira (26), aumentar de 50% para 70% a capacidade de ocupação nas viagens acima de uma hora em lanchas. Na mesma data estão liberadas competições de natação.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais 

    Estabelecimentos são autuados em Manaus por aglomeração na pandemia

    Deputada Therezinha pede maior flexibilidade no retorno às aulas

    Denúncias de aglomerações lideram chamadas do disque 190 no Amazonas