Fonte: OpenWeather

    DESESPERO


    Em Cacau Pirêra, moradores voltam a criticar o abandono da feira

    Após cheia, cidadãos convivem com os impactos deixados na feira e exigem que comecem os trabalhos de revitalização do espaço público.

     

    Feira do distrito do Cacau Pirêra, em Iranduba, precisa de socorro devido à infraestrutura precária.
    Feira do distrito do Cacau Pirêra, em Iranduba, precisa de socorro devido à infraestrutura precária. | Foto: César Gomes

    Iranduba - Moradores e feirantes do Distrito do Cacau Pirêra, no município de Iranduba (distante 24 quilômetros da capital) voltam a denunciar o que classificam como descaso com a infraestrutura da feira. Recentemente invadida pelas águas, na cheia do Rio Negro, os feirantes tiveram diversos prejuízos com os boxes e, agora, na vazante, a população convive com os impactos deixados na feira, e pede socorro.

    "

    Até quando vamos passar por isso? Nessa cheia, nós sofremos. A água invadiu tudo, muitos ficaram até sem poder trabalhar. Deu agora a vazante e só ficam os danos para nós. Essa feira está para cair na cabeça do povo. Fora o telhado. Quando dá um vento forte, balança tudo. "

    , disse uma moradora que não quis ser identificada

     

    Feirantes denunciam precaridade 

     
    Wanda Lima, 60, é dona de um dos lanches no local.
    Wanda Lima, 60, é dona de um dos lanches no local. | Foto: Carlos Araújo
     

    Dona de um dos lanches no local, Wanda Lima, de 60 anos, conta que existe a necessidade de uma ação que ajude os feirantes a sair dessa situação. Com as mãos calejadas pelo serviço, Wanda lembra que a cheia e a pandemia deram problemas aos trabalhadores da feira. 

    "

    O pão da gente tiramos daqui. Vejo essas pessoas, dessa forma, e uns dias atrás estava todo mundo embaixo d’água. Até de uma cesta básica eu precisei. Alagou, desceu e deixou o trabalhão para nós. Esse teto daqui é um problema "

    , disse a moradora Wanda Lima

     

    Dona Wanda aproveita para pedir auxílio do poder público. “Enfrentamos maromba nessa alagação que deu. Tudo. Fora todo tipo de bicho. O que está faltando é uma cobertura. Quando chove é mais dentro do que fora. Temos medo disso cair, pelo amor de Deus. Por favor, estamos pedindo ajuda. Nos ajude, alguém”, desabafa.

    Problema que afeta todos

      Além de prejudicar os trabalhadores, moradores também são afetados devido à falta de estrutura para fazer compras. Um morador de perto do local, que não quis ter o nome divulgado, demonstrou indignação pela situação vivida pelos feirantes.  

    “Cara, eu fico revoltado com tamanho descaso com o pessoal. Isso aí é falta de respeito. Tanto conosco, moradores, como os feirantes que tem que ficar até ali do lado de fora para poder trabalhar. Está tudo precário. Mal organizado, o telhado uma porcaria. Cadê os responsáveis de ajeitar isso aqui? Em época de eleição, precisa ver! Não saem da nossa porta”, relata.

     

    Alberto Alves, 51, vende camarão em uma barraca do lado de fora da feira.
    Alberto Alves, 51, vende camarão em uma barraca do lado de fora da feira. | Foto: Carlos Araújo
    "

    Podia ter uma reforma, e não teve. Até hoje está só na promessa de ajeitar aí e, até agora, nada. Quando chove, todo mundo fica numa situação difícil. "

    disse o feirante Alberto Alves, 51 anos, que vende camarão em uma barraca do lado de fora da feira.

     

    Ao lado de Alberto, várias outras pequenas barracas improvisadas estão amontoadas em frente a estrutura da feira. Desprotegidos do sol e da chuva, trabalhadores tentam continuar atuando para conseguir fazer suas vendas.

     

    Feirantes têm improvisado do lado de fora da feira, para conseguirem vender seus produtos.
    Feirantes têm improvisado do lado de fora da feira, para conseguirem vender seus produtos. | Foto: César Gomes

    Posição da Prefeitura

    O Em Tempo solicitou uma posição da prefeitura de Iranduba sobre os serviços na estrutura da Feira de Cacau Pirêra. Conforme a assessoria de Augusto Ferraz (DEM), há um planejamento para revitalizar o distrito do Cacau Pirêra, o que incluiria a feira da região. No entanto, a gestão ainda não iniciou as obras e não informou quando realizará a reforma da feira.

    Acompanhe os depoimentos dos feirantes: 

    Capa do Vídeo
    | Autor:
     
    Capa do Vídeo
    | Autor:
     

    Leia mais: 

    História sem fim: após anos, problema de lixão em Iranduba continua

    Homem é preso com arma de fogo em Iranduba

    Vídeo: jovens saem para brincar e acham corpo em igarapé de Iranduba