Fonte: OpenWeather

    DESCASO


    Em Iranduba, moradores denunciam abandono dos espaços de lazer

    No bairro Morada do Sol, em Iranduba, população expressa descontentamento com promessas políticas e clama por ações efetivas nos espaços de lazer públicos da região.

    | Foto: Carlos Araújo

    Iranduba (AM) - A carência nas áreas de lazer que deveriam ser usadas pelos moradores do município de Iranduba (distante 27 quilômetros de Manaus) é algo observado por qualquer pessoa. No bairro Morada do Sol, por exemplo, a quadra e a praça estão com a infraestrutura em péssimas condições.

    Na região, os moradores apontam que o desinteresse da Prefeitura contribui para a precarização dos espaços públicos. “Principalmente agora, na gestão desse Augusto Ferraz, que foi eleito para prefeito. Ele veio aqui durante a campanha política e depois sumiu”, denuncia a dona de casa, Sônia Teixeira, de 45 anos.

    Localizada na Rua Deputado Silas Câmara, a quadra poliesportiva não recebe uma reforma há mais de cinco anos, segundo moradores. Sem atuação da prefeitura, o espaço encontra-se coberto por mato e com a infraestrutura prejudicada.

    “Está nossa quadra, aí, jogada. Um descaso total, tudo coberto de mato e só as promessas de que vão ajeitar e nada. Meu filho tem vontade de jogar futebol com os amigos dele, mas não pode porque não tem onde. As promessas de ajudar o povo aqui são antigas, estou ficando velha e ‘carimbada’ de ouvir”, disse Sônia Teixeira.

     

    A quadra do Morada do Sol encontra-se com problemas de infraestrutura, limpeza pública, e não pode ser mais usada pelo moradores
    A quadra do Morada do Sol encontra-se com problemas de infraestrutura, limpeza pública, e não pode ser mais usada pelo moradores | Foto: Carlos Araújo

    O autônomo Raimundo Nery, de 34 anos, diz que as pessoas humildes da região confiaram que Augusto Ferraz traria desenvolvimento para a região, mas estão desapontadas com a ineficácia da atua gestão.

    O autônomo Raimundo Nery, de 34 anos, diz que as pessoas humildes da região confiaram que Augusto Ferraz traria desenvolvimento para a região, mas estão desapontadas com a ineficácia da atua gestão.

    "

    Eu passo por essa rua todos os dias e observo a quadra dessa forma. Dá um aperto muito grande no meu peito. Nós somos gente humilde, que já enfrentaram todo tipo de privação, mas nem ao lazer temos direito. A quadra deveria ser um lugar para os nossos filhos brincarem. Queria que esse cidadão [Ferraz], que veio aqui pedir nosso voto, cumprisse com as coisas que falou, mas a gente chegou na conclusão que ‘só foi papo’. Essa quadra está uma vergonha. "

    , disse o trabalhador.

    Promessas descumpridas

     

    A necessidade de manutenção na quadra é urgente.
    A necessidade de manutenção na quadra é urgente. | Foto: Carlos Araújo

    Morador da região, Raimundo Sérgio, 23 anos, garante que os habitantes da região já ouviram uma série de promessas dos políticos nos períodos de campanha.

    "

    A quadra está toda quebrada. No município, entra gestão e sai prefeito, mas não dão à devida atenção a área. Eu cansei de só viver ouvindo promessas. Agora, o Ferraz na hora de pedir nosso voto agiu rapidamente. Porém, para os problemas de Iranduba estar uma lentidão danada. É sempre o mesmo papo desse pessoal. Vai passando o tempo e não vemos nenhuma mudança. Após os quatros anos de mandato, ele deve vir aqui de novo, mas meu voto não tem mais "

    , desabafou o morador.

    Praça em condição ruim

     

    No Morada do Sol, a praça foi abandonada pela gestão municipal.
    No Morada do Sol, a praça foi abandonada pela gestão municipal. | Foto: Carlos Araújo

    Além da quadra, no Morada do Sol há também uma praça que também foi abandonada pelo órgão público municipal. O local está com os bancos deteriorados, e, ainda, com o mato também alto.

    Os moradores realizam um serviço de cuidado com a praça para que seu estado não piore ainda mais. Conforme o estudante Daniel Santos, de 18 anos, os habitantes se reúnem e buscam manter a área adequada para uso.

    "

    Nós mesmos temos que tirar o mato e capinar porque a prefeitura não aparece aqui. Não foi diferente antes e não está sendo agora. Os bancos arrebentados, caindo aos pedaços. Dá é vergonha tanto esquecimento com o nosso bairro "

    , disse o jovem.

    Sem resposta

    A equipe de reportagem do Em Tempo pediu uma posição da Prefeitura sobre os problemas de infraestrutura da região, mas até o fechamento desta edição não recebeu uma resposta do órgão municipal.

    Acompanhe vídeo da nossa equipe mostrando estes espaços de lazer: 

    Capa do Vídeo
    | Autor:
     

    Leia mais: 

    Em Cacau Pirêra, moradores voltam a criticar o abandono da feira

    História sem fim: após anos, problema de lixão em Iranduba continua

    Sem água nas torneiras, moradores de Iranduba sofrem com descaso