Fonte: OpenWeather

    Alerta


    Carteiras de vacinação falsas contra Covid são vendidas em Manaus

    Após tomar conhecimento, a Prefeitura de Manaus registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia Virtual do Amazonas

     

    A Semsa repudia veementemente esse tipo de prática criminosa
    A Semsa repudia veementemente esse tipo de prática criminosa | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Como tentativa de driblar a exigência de apresentação das carteiras de vacinas aos frequentadores de bares, restaurantes flutuantes e similares, criminosos estão falsificando os cartões com selo de aplicação de doses contra a Covid-19, em Manaus. O material é comercializado pela internet. 

    Após tomar conhecimento, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), registrou Boletim de Ocorrência (BO) na Delegacia Virtual do Amazonas, na tarde desta sexta-feira (3). O caso será apurado pelos órgãos de segurança.

    A Semsa repudia veementemente esse tipo de prática criminosa que pode causar danos à saúde pública, uma vez que a imunização é a forma mais segura de proteger a população contra o novo coronavírus, e orienta os cidadãos ainda não vacinados a procurarem um dos pontos de atendimento da Prefeitura de Manaus, onde a vacina é oferecida gratuitamente.

    Caso o usuário tenha perdido a carteira de vacinação original, deve acessar o aplicativo ConecteSUS (conectesus.saude.gov.br), para emitir a Carteira de Vacinação Digital ou o Certificado de Vacinação. 

    Exigência

    Só conseguem acesso a esses estabelecimentos comerciais aqueles que, pelo menos, comprovarem ter tomado a primeira dose vacinal.

    Segundo o próprio governador Wilson Lima, a vigilância é necessária mesmo com os casos de internação diminuindo  cada vez mais e a vacinação avançando. Salienta ele que, devido a capacidade do vírus de gerar novas variantes, os cuidados sanitários precisam ser constantes, pois somente assim será possível aplacar de vez a pandemia.

    As denúncias sobre abusos de aglomerações e o desrespeito ao uso de máscaras continuam, infelizmente, a preocupar os órgãos de controle, que por isso mesmo devem tornar mais rígida a fiscalização e penalizar, de forma dura, os desobedientes.

    *Com informação da assessoria