Fonte: OpenWeather

    Resultado da avaliação


    Tá liberado! Tucumã não causou infecções no Amazonas, confirma FVS

    Não há evidências de que o consumo de tucumã tenha causado o surto de Doença Transmitida por Alimentos

     

    Nas análises não foi identificada comprovação de que a infecção alimentar tenha ocorrido devido ao consumo do tucumã
    Nas análises não foi identificada comprovação de que a infecção alimentar tenha ocorrido devido ao consumo do tucumã | Foto: Arquivo EM TEMPO

    Manaus (AM) - A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) informa, nesta sexta-feira (03/09), que não há evidências de que o consumo de tucumã tenha causado o surto de Doença Transmitida por Alimentos (DTA), registrado na primeira quinzena de julho, na comunidade Irapajé, na zona rural de Manacapuru (a 68 quilômetros a oeste de Manaus).

    O resultado da avaliação foi emitido após a realização de análise bromatológica em amostras do fruto, coletadas por equipes da FVS-RCP na comunidade Irapajé; e analisadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/FVS-RCP) para identificar composição, propriedades físicas, químicas, toxicológicas e ação da amostra no organismo humano. A hipótese avaliada era de que a contaminação teria ocorrido devido à manipulação incorreta do alimento.

    Nas análises, segundo a diretora técnica da FVS-RCP, Tatyana Amorim, não foi identificada comprovação de que a infecção alimentar tenha ocorrido devido ao consumo do tucumã. “As amostras do fruto foram submetidas a análise para confirmar se a causa do surto de DTA teria ocorrido por ingestão de tucumã, no entanto, não foi encontrado indícios de contaminação no material analisado”, detalha Tatyana.

    Controlado

    Foram 48 envolvidos no surto de DTA em Manacapuru. De acordo o gerente do Departamento de Vigilância Epidemiológica da FVS-RCP (DVE/FVS-RCP), Alexsandro Melo, o surto é considerado controlado desde o dia 20 de julho, quando não foram registradas notificações de novos casos. 

    “Foram destacadas equipes técnicas da Vigilância em Saúde para realizar todo o acompanhamento da cadeia de transmissão, com coleta e análise das amostras. A investigação foi minuciosa para descartar seguramente o tucumã como causa do surto”, acrescentou Alexsandro.  

    DTA

    As Doenças Transmitidas por Alimentos são causadas pela ingestão de alimentos e/ou água contaminados por micro-organismos, toxinas ou substâncias químicas. Os sintomas podem incluir náuseas, vômitos, dores abdominais, diarreia, falta de apetite e febre.

    A prevenção das doenças transmitidas por alimentos se baseia no consumo de água e alimentos que atendam aos padrões de qualidade da legislação vigente, higiene pessoal/alimentar e condições adequadas de saneamento.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais 

    Surto de doença após ingestão de tucumã segue em investigação no AM

    Novos casos acendem alerta sobre doenças em alimentos regionais do AM

    Além do tucumã, água também é analisada após surto em Manacapuru