Fonte: OpenWeather

    Exoneração


    Enfermeira assume FVS-RCP após diretor pedir exoneração no AM

    O diretor-presidente Cristiano Fernandes pediu exoneração por motivos pessoais. Em seu lugar, foi nomeada a enfermeira Tatyana Amorim, que já atuava como diretora técnica da FVS-RCP

     

    O diretor-presidente pediu para sair por motivos pessoais
    O diretor-presidente pediu para sair por motivos pessoais | Foto: Divulgação

    O biólogo Cristiano Fernandes pediu exoneração do cargo de diretor-presidente interino da FVS-RCP por motivos pessoais. A solicitação foi acatada pelo governador do Estado, Wilson Lima, e publicada no Diário Oficial do Estado do Amazonas, divulgada nesta sexta-feira (17).

    Em nota, a FVS-RCP manifesta agradecimento ao agora ex-diretor-presidente pelo desempenho no serviço público durante os nove meses de gestão.

      Em seu lugar, foi nomeada a enfermeira Tatyana Amorim, que já atuava como diretora técnica da FVS-RCP ao lado de Cristiano Fernandes. Assume a diretoria técnica da FVS-RCP, a enfermeira Adriana Elias que atuava como chefe do Departamento de Vigilância Epidemiológica da instituição.  

     

     A enfermeira Tatyana Amorim, que já atuava como diretora técnica da FVS-RCP, assume o lugar de Cristiano
    A enfermeira Tatyana Amorim, que já atuava como diretora técnica da FVS-RCP, assume o lugar de Cristiano | Foto: Divulgação

    Cristiano assumiu a FVS-RCP após a morte, vítima de covid-19, da diretora-presidente, Rosemary Costa Pinto. Rosemary atuou à frente da FVS-AM desde o início da pandemia e participou de coletiva onde houve anúncio do primeiro-caso de Coronavírus (Covid-19) no Amazonas, no dia 13 de março de 2020. 

    *Com informações da assessoria

    Leia mais: 

    AM fortalece vigilância e monitoramento epidemiológico do sarampo

    Pela sexta vez no ano, Amazonas não registra mortes por Covid-19

    Manaus terá mutirão para 2ª e 3ª doses da vacina contra Covid; veja