Fonte: OpenWeather

    Saúde mental


    Escola da zona ribeirinha recebe evento em alusão ao Setembro Amarelo

    A ação premiou ainda 14 alunos, do 1º ao 9º ano do ensino fundamental

    O tema do Setembro Amarelo foi "Valorização da Vida, uma Lição de Amor” | Foto: Divulgação

    MANAUS (AM) - Com o objetivo de sensibilizar os educandos e comunidade escolar sobre a importância da valorização da vida, praticar a empatia e o amor ao próximo, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou, nesta quarta-feira, 22/9, na escola municipal José Sobreira do Nascimento, comunidade Nossa Senhora de Fátima, zona ribeirinha de Manaus, um evento em alusão ao Setembro Amarelo, mês de campanha de prevenção ao suicídio.

    A ação premiou ainda 14 alunos, do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, que foram destaques na plataforma de leitura "Árvore de Livros", na etapa estadual das Olimpíadas de Matemática e no simulado do Bloco Pedagógico.

    O tema do Setembro Amarelo foi "Valorização da Vida, uma Lição de Amor”. De acordo com a gestora Maria Ozenilda de Lima, uma das atividades realizadas com os alunos era que cada um recebia uma mensagem de incentivo ao estourar um balão e lia em voz alta para os colegas. 

    “Durante todo este mês, estamos trabalhando a questão do amor ao próximo, da socialização e o respeito ao outro. É muito importante trabalhar esses temas com os jovens, porque faz com que eles se sintam melhor. Essas questões sociais são muito necessárias e precisam ser trabalhadas na escola, para evitar depressão e fazer com que eles entendam que podem contar com todo o corpo docente”, disse a gestora.

    Premiação

    Na ocasião, a escola também premiou os alunos que foram destaques nos estudos. Como a aluna Ariana Beatriz Muniz da Silva, 13, 8º ano, que leu mais de 15 livros na plataforma Árvore de Livros em um mês.

    “Estou muito feliz com a premiação. Eu criei o hábito de ler quase todos os dias, quando termino de fazer minhas tarefas, sempre leio e isso me ajuda bastante nos pensamentos e a resolver as atividades da escola. Essa plataforma de leitura é um incentivo para todos nós, e agora com o celular vou poder ler ainda mais, eu espero que meus amigos fiquem motivados e também leiam mais”, destacou Ariana.

    Este ano, oito alunos foram classificados na etapa estadual das Olimpíadas Brasileira de Matemática (OBMEP). De acordo com o professor de Matemática, Alfredo da Costa Oliveira, esse foi um número expressivo de alunos classificados na Olimpíada.

    “A escola trabalhou em união, onde planejamos ações de incentivos aos alunos para a realização da prova da Olimpíada. Além do professor preparar aulas de reforço, foi estipulada uma premiação aos melhores alunos classificados na Olimpíada. Com isso, tivemos uma resposta significativa com o interesse dos alunos, tanto em se preparar quanto na realização da prova”, explicou Alfredo.

    Cinco alunos que participaram do simulado do Bloco Lógico, referente ao 1º, 2º e 3º ano do ensino fundamental, também foram premiados com passeios, certificados e brindes.

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais

    Setembro amarelo: prevenir o suicídio na idade tardia

    Comentários