Fonte: OpenWeather

    Outubro Rosa


    Manaus terá ações e serviços voltados para prevenção do câncer de mama

    O público prioritário será a população feminina e os homens trans

    As ações terão o objetivo de conscientizar esses públicos para a importância dos cuidados preventivos | Foto: Divulgação

    MANAUS (AM) - Manaus vai ter, durante todo o mês de outubro, ações e serviços voltados para a prevenção do câncer de mama e do colo do útero, dentro da programação do “Outubro Rosa”, coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

    O público prioritário será a população feminina e os homens trans. Meninas a partir de 9 anos e meninos, a partir dos 11 anos, também serão alvo das ações com a intensificação da vacinação contra o HPV. Este ano, as mulheres indígenas terão atividades especialmente organizadas para elas.

    As ações terão o objetivo de conscientizar esses públicos para a importância dos cuidados preventivos. “Toda a programação foi pensada com foco na intensificação do cuidado que já é oferecido na rotina das nossas unidades de saúde. A mobilização do ‘Outubro Rosa’, movimento internacional, tem foco no câncer de mama, mas aqui em Manaus, nós incluímos o câncer do colo do útero, cuja incidência na região é maior”, destaca a secretária titular da Semsa, Shádia Fraxe.

    Durante o “Outubro Rosa”, toda a rede básica e especializada da Semsa estará mobilizada promovendo atividades descentralizadas, voltadas para a detecção precoce, nas unidades de saúde e escolas integrantes do Programa Saúde na Escola.

    Também está programada a realização de um “Dia D” com ações de saúde e de prevenção em parceria com Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, conselhos locais de saúde, Fundo Manaus Solidária e Secretaria Municipal de Educação (Semed).

    As atividades previstas serão na forma de rodas de conversa, oficinas, palestras, webconferência, lives, busca ativa de mulheres de 25 a 64 para realizar o exame preventivo, e de crianças na faixa etária para a vacina contra o HPV (meninas de 9 anos e meninos de 11 anos). Também serão realizados exames clínicos de mamas e coleta de material para o exame colpocitológico (preventivo), e testagem rápida de HIV, sífilis, hepatite “B” e “C”.

    Leia Mais

    Crianças recebem atendimento humanizado no Delphina Aziz

    *Com informações da assessoria