Fonte: OpenWeather

    OBRAS


    Desapropriações abrem espaço para obra do Anel Leste em Manaus

    Todas as famílias estão sendo atendidas por equipes técnicas Sociais e de Engenharia da Seinfra, para identificação e avaliação prévia das casas

     

    Seinfra conclui o cadastramento de casas em mais três comunidades
    Seinfra conclui o cadastramento de casas em mais três comunidades | Foto: Divulgação/Seinfra

    Manaus (AM) -  Mais três comunidades, localizadas na área de influência da obra de construção do Anel Leste, em Manaus, foram cadastradas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra).

    Moradores das Comunidades Chico Mendes, UDV e Vila da Realidade, situadas na área onde estão sendo executadas as obras de construção do Anel Viário Leste, tiveram seus imóveis cadastrados na ação realizada pela Assessoria de Desapropriação e pelo Departamento de Engenharia da Seinfra.

    Imóveis cadastrados 

    Na Comunidade Chico Mendes foram cadastradas 35 casas; outras 19 na Comunidade UDV e 55 na Comunidade Vila da Realidade.

    Todas as famílias estão sendo atendidas por equipes técnicas Sociais e de Engenharia da Seinfra, para identificação e avaliação prévia das casas, tendo como objetivo chegar ao valor real dos imóveis cadastrados para efeito de indenização e posterior demolição, abrindo espaço para a realização da obra, segundo informou Márcio Azedo, assessor de Desapropriação da Seinfra.

    "

    As casas que serão desapropriadas e retiradas já foram devidamente identificadas e seladas pela equipe social e de engenharia da Seinfra. Somente as casas marcadas serão retiradas "

    Márcio Azedo, assessor de Desapropriação da Seinfra

     
    Márcio Azevedo destacou que as demais, que não interferem na obra e que não foram marcadas, permanecerão no local.

    Indenizações

    Após conclusão do cadastro e avaliação, a conclusão dos atendimentos e pagamentos serão realizados pela Superintendência Estadual de Habitação (Suhab).

    A agilidade no processo de desapropriação, acelera o avanço das obras que estão com 18% de execução e previsão de conclusão para dezembro de 2022.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Anel Leste vai desviar fluxo de carretas de vias de grande movimento

    Manaus terá a maior obra de mobilidade urbana da Região Norte

    Quadruplica as indenizações por desapropriação de terras