Fonte: OpenWeather

    Esporte


    Critérios de acesso ao jogo entre Brasil e Uruguai são definidos

    O jogo é válido pela 12ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022

     

    Organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), com apoio do Governo do Amazonas, esta será a primeira partida pelas eliminatórias com público, desde o início da pandemia de Covid-19.
    Organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), com apoio do Governo do Amazonas, esta será a primeira partida pelas eliminatórias com público, desde o início da pandemia de Covid-19. | Foto: Divulgação

    Manaus - O Governo do Amazonas publicou, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), a portaria nº 138 /2021, que estabelece os critérios de acesso à Arena da Amazônia para o clássico entre Brasil e Uruguai, a ser realizado no dia 14 de outubro de 2021. O jogo é válido pela 12ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022.

    Organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), com apoio do Governo do Amazonas, esta será a primeira partida pelas eliminatórias com público, desde o início da pandemia de Covid-19. A ocupação máxima será de 14 mil pessoas, 35% da ocupação do estádio.

    Somente estarão aptos à aquisição do ingresso os que tenham completado o esquema vacinal da Covid-19 com duas doses ou dose única. Os que adquirirem ingresso e apresentarem comprovação de segunda dose da vacina com intervalo inferior a 15 (quinze) dias a data do jogo deverão responder a um questionário de triagem de saúde e realizar teste rápido de antígeno ou RT-PCR com 48h de antecedência do jogo.

    Haverá ainda a aferição de temperatura e não será permitido ao público a entrada com alimentos e bebidas em geral. A comercialização de produtos durante o clássico ficará restrita aos industrializados e embalados de fábrica.

    O uso de máscara de proteção facial será obrigatório nas dependências do estádio, ao longo de todo período de permanência, além da manutenção do distanciamento social em todos os setores da Arena, incluindo os assentos e áreas comuns.

    Segurança

    Em caso de não cumprimento das normas de segurança estabelecidas na portaria 138/2021, incluindo e não se limitando à aglomeração de qualquer natureza, os voluntários e equipes de segurança, saúde e organização da partida, poderão orientar a retirada da pessoa que descumprir as normas sanitárias vigentes.

    Vistoria

    Nesta sexta-feira (1º), órgãos do Governo do Amazonas e da Prefeitura de Manaus realizaram vistoria técnica para definir os pontos de atuação das pastas na partida entre Brasil e Uruguai, na Arena da Amazônia.

    O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) contou com o apoio da Faar para a visita da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Corpo de Bombeiros Militar (CBMAM), Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e Casa Militar de Manaus.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais: 

    David Luiz tem lesão na coxa esquerda e não enfrenta Athletico-PR

    Manauara contrata lateral direito Railan

    Meninas da Colina estreiam no Carioca neste sábado (2)