Fonte: OpenWeather

    POLÊMICA


    Vereador de Iranduba crítica Augusto Ferraz na tribuna da Aleam

    Luis Velho usou a tribuna da Assembleia Legislativa para denunciar o que considera abandono de Iranduba pelo prefeito.

    Luis Velho acusa o prefeito de abandonar a cidade de Iranduba | Foto: Divulgação

    Iranduba (AM) - A suposta recusa do prefeito de Iranduba, Augusto Ferraz (DEM), em receber o dinheiro da emenda encaminhada pelo deputado estadual Sinésio Campos (PT), com o objetivo de construir uma escola na zona rural da cidade, tem dado o que falar.

    Recentemente, o vereador do município, Luis Carlos Velho (Republicanos), utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) para protestar contra a atitude do prefeito e denunciar o que ele considera como irregularidades na atual gestão. O vereador teve o espaço na Casa Legislativa concedido pelo deputado Sinésio Campos.

    "

    Não é justo um deputado indicar uma emenda para ampliação de uma unidade escolar e ele entender que não dá para fazer aquele projeto e devolver. Por que não faz uma adaptação do projeto para executar? Devolver dinheiro em plena crise? Isso é um descaso! "

    desabafou o vereador, Luis Carlos Velho.

    Ainda de acordo com ele, os parlamentares que não ‘jogam’ no time do prefeito, são alvo de perseguição. Outra questão, ainda é a falta de diálogo de Augusto Ferraz com os parlamentares da cidade.

    "

    A gente pede ajuda dos deputados estaduais para ter um diálogo com o prefeito Augusto Ferraz, que foi o prefeito eleito do município de Iranduba. O prefeito que não consegue dialogar com o parlamento, que trama cassações de vereadores, opositores, que trama destituir uma presidência de Câmara: é isso que ele tem tramado no município de Iranduba. Querer cassar um vereador legitimamente, só porque o vereador desceu a seu nível num discurso "

    , relata o vereador.

    O ‘Chiqueiro’

    E a fala do vereador Luis Carlos Velho não parou por aí. Ele citou um áudio que teria circulado na internet, atribuído, supostamente, a Augusto Ferraz, em que o prefeito chama a escola de comunitários de "chiqueiro".

    "

    Isso não é cabível. Na semana passada, circulou na internet um áudio atribuído ao prefeito de Iranduba, no qual ele diz que pretende devolver o dinheiro porque não gosta da estrutura que os moradores da região do quilômetro 26 estão construindo com o próprio dinheiro e, ainda, fala que estão ‘fazendo um chiqueiro para botar as crianças’. "

    , vereador Luis Carlos Velho

    Além de Velho, a fala do prefeito teria causado revolta aos moradores do local, onde a comunidade, que possui cerca de mil moradores, se empenha na construção do prédio da escola. O presidente da comunidade disse que ficou ressentido ao ouvir o áudio do prefeito Augusto Ferraz.

    “Fiquei muito triste, a prefeitura nunca empregou nenhum recurso, nenhuma obra, aqui no KM 26. [Nessa obra] temos o telhado que o seu Beto deu, mas o resto foi nós, a comunidade. A gente está aqui todo dia, faz 20 anos que moro aqui na comunidade, e não tem uma obra de nenhum prefeito”, o homem, identificado como Francisco.

    A pretensão dos moradores é construir a nova escola devido às condições precárias da Escola Municipal Dona Maria Silva da Costa, único centro de ensino para as crianças da área.

    Farinha pouca, meu pirão primeiro

    Ainda conforme o vereador, outro problema é o nepotismo em torno da gestão Ferraz, quando o prefeito teria nomeado diversos parentes como o irmão dele Albanir Teixeira de Lima Filho para um cargo de alto escalão na Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) do município.

    “Eu acho que o prefeito deve estar falido, porque nomeou no município de Iranduba a esposa, o irmão, o sogro, o primo, e se tiver ainda vaga para o cachorro, coloque lá, prefeito, que deve ter vaga! O cachorro da sua casa na folha da Prefeitura de Iranduba. É isso que está acontecendo, nepotismo e entre outras coisas! ”, relata Luis Velho.

    O vereador aproveitou para finalizar relatando que classifica Iranduba abandonada por parte do atual gestor. 

    "

    Você já imaginou você votar em alguém e quando você vai tratar assuntos de interesses do município, que são emendas parlamentares de deputados estaduais, e o prefeito diz que não vai resolver e quem tem que resolver é uma outra pessoa, que ele que é o prefeito. Isso é constrangedor para quem esteve nas ruas pedindo votos para o prefeito de Iranduba! "

    desabafou, Luiz Carlos Velho.

    Posição da Prefeitura

    A reportagem do Em Tempo entrou em contato com a assessoria do prefeito Augusto Ferraz. Em nota, a assessoria do prefeito explicou que preocupação do chefe do executivo municipal é que a escola do quilômetro 26 seja construída dentro dos padrões estabelecidos pelo Ministério da Educação (Mec), para atender as crianças da localidade.

    Quanto às afirmações feitas pelo vereador Luis Velho, a prefeitura garante que, em breve, se pronunciará a respeito e que a atual gestão tem trabalhado na legalidade.

    Leia mais: 

    Prefeito de Iranduba pretende pagar R$ 6 mi a empresa investigada

    Prefeito de Iranduba chama escola de comunitários de ‘chiqueiro'

    Prefeito de Iranduba é acusado de nomear parentes na prefeitura