Fonte: OpenWeather

    AÇÃO ESTADUAL


    Campanha vai doar 17 mil brinquedos para crianças amazonenses

    É o terceiro ano da campanha ‘Doe um Brinquedo e Ganhe Sorrisos’

    Brinquedos foram entregues no Vasco Vasques | Foto: Tácio Melo/Secom

    Manaus - O Governo do Amazonas iniciou, neste sábado (9), as entregas de brinquedos arrecadados na campanha “Doe um Brinquedo e Ganhe Sorrisos”. Com a participação da primeira-dama do Estado, Taiana Lima, a ação ocorreu no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, em Manaus, coordenada pelo Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), em parceria com a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc).

    O evento proporcionou um dia de felicidade para crianças de instituições cadastradas no Programa Pátria Voluntária, do Governo Federal, e para crianças com deficiência, proporcionando atividades como superbike, bike do trenzinho, gangorra da inclusão, balanço da inclusão, além de brincadeiras, pintura de desenhos e facial, apresentações diversas e distribuição de lanches.

    Emocionada, a primeira-dama do Estado e madrinha do FPS cumprimentou os presentes e agradeceu o empenho das secretarias e servidores na campanha, cuja meta era alcançar 10 mil brinquedos para doação. No total, 17 mil brinquedos novos ou em bom estado foram arrecadados.

    “São lágrimas de alegria, de felicidade em podermos, enquanto Governo, eu, o governador Wilson Lima e todo o nosso secretariado, é uma alegria muito grande para a gente poder estar proporcionando momentos como esse. Um momento de alegria, de emoção mesmo, porque essa campanha do Dia das Crianças é uma campanha muito especial. Para algumas pessoas pode não ter importância, mas não, tem importância”, afirmou Taiana Lima.

    De acordo com a secretária executiva do FPS, Kathelen Braz, os brinquedos arrecadados na campanha deste ano serão doados para associações cadastradas no programa Pátria Voluntária, e associações que assistem crianças em situação de vulnerabilidade social e econômica da capital e de alguns municípios do interior do estado.

    “É o terceiro ano da campanha ‘Doe um Brinquedo e Ganhe Sorrisos’. Em 2019 nós tivemos uma abertura que foi no interior. Em 2020, por conta da pandemia, a campanha teve distribuição um pouco mais voltada para as instituições, que trabalham com crianças, escolas e neste ano, com um pouco mais de flexibilização, a gente conseguiu fazer uma abertura voltada, pensada para as crianças PcDs”, explicou.

    A aposentada Normélia Pereira, de 67 anos, é avó do pequeno Elias, de 9 anos de idade, portador de Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). Relatando uma história de superação do neto, atingido por uma bala perdida quando tinha 2 anos, ela afirma que o momento é de gratidão.

    “Eu, como mãe, como vó, estou muito feliz com esse evento que vocês estão nos proporcionando, porque é um evento maravilhoso. Aqui todo mundo é igual, não tem discriminação de ninguém, todo mundo precisa estar num evento desse prestigiando. Estou muito feliz e que venham outros eventos em prol dessas crianças, porque nós precisamos que eles também saiam da rotina deles para participar de algo bem maravilhoso”.


    Inclusão

    Durante o evento também foram entregues 16 cadeiras de rodas posturais para crianças cadastradas na Secretaria Executiva da Pessoa com Deficiência (SePcD), da Sejusc. A ação ainda contou com o apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur). O Centro de Convenções Vasco Vasques ofereceu espaços lúdicos, como discoteca e brinquedos adaptados para crianças com deficiências.

    “É muito importante que essas crianças tenham um dia especialmente preparado para elas, com brinquedos adaptados, com todo um ambiente adaptado, porque durante muito tempo essas crianças tinham que participar das brincadeiras com outras crianças com brinquedos que não eram os brinquedos que elas pudessem usar. É um momento único, porque é um ambiente preparado só para elas”, destacou a secretária titular da Sejusc, Mirtes Salles.

    Atendida com uma cadeira de rodas para o filho, José Pedro, de 4 anos, a professora Janice Araújo, 25, agradeceu a entrega do equipamento para a locomoção do menino. José Pedro nasceu com microcefalia após Janice ser diagnosticada com zika vírus durante a gravidez. Ela falou sobre o sentimento de luta e amor pelo filho.

    “Eu não tenho muitas palavras porque eu me emociono sempre que eu falo dele. O José Pedro veio para a minha vida como uma surpresa, a gente não sabia, foi descoberto no parto, e o José hoje em dia é meu ‘tudo’. Eu faço tudo por ele, para ele, pensando nele, onde ele pode estar eu estou, se ele não pode, eu não estou. Então o José Pedro é meu tudo, meu anjo”.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Voluntários se unem para ação de limpeza no Parque do Mindu

    Governo do Amazonas doa seis toneladas de tambaqui no Jorge Teixeira

    Maçonaria: os legados da maior sociedade discreta no Amazonas