Fonte: OpenWeather

    Fiscalização


    Lojas de fogos de artifício são fiscalizadas após foguetório em Manaus

    O objetivo da ação, conforme a polícia, é dar uma resposta para a sociedade após a queima de fogos em Manaus, ocorrida na quinta-feira (8)

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Lojas de fogos de artifícios foram fiscalizadas, no último sábado (9), na capital amazonense pela Central Integrada de Fiscalização (CIF). 

    De acordo com o secretário executivo adjunto de Planejamento e Gestão Integrada de Segurança, coronel Almir Cavalcante, o objetivo da ação é dar uma resposta para a sociedade após a queima de fogos em Manaus, ocorrida na quinta-feira (8).

    “A determinação é que fizéssemos uma CIF extra, devido aos últimos acontecimentos na cidade e às queimas de fogos por parte de facções criminosas aqui em Manaus. Foram verificados os estabelecimentos que vendem esse tipo de material, se estão legalizadas e autorizadas para vender a qualquer pessoa, e também conseguimos verificar nesses locais alguma fonte, para que possamos investigar quem são essas pessoas”, explicou o coronel.

    Três estabelecimentos foram autuados pelo Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) por não terem documentos obrigatórios para vender este tipo de material. Um estabelecimento foi interditado pelos agentes da Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef), por funcionar com alvará vencido.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Quarteto que soltou fogos em apologia ao CV é preso em Manaus

    Participante de queima de fogos do CV é morto com 19 tiros em Manaus

    Trollado, Gusttavo Lima compartilha vídeo de fogos do CV em Manaus