Fonte: OpenWeather

    Paralisação de advertência


    Rodoviários paralisam circulação de ônibus em Manaus nesta quinta

    A paralisação temporária foi apoiada por colaboradores das empresas Via Verde, São Pedro, Global GNZ e Expresso Coroado, e durou pouco mais de uma hora

     

    | Foto: Divulgação

    MANAUS (AM) - A circulação de ônibus do transporte coletivo foi paralisada nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (14), em Manaus. A paralisação de advertência aconteceu entre 4h e 5h30 da manhã, e afetou os trabalhadores que dependem dos coletivos públicos da capital. 

    A paralisação temporária foi apoiada por colaboradores das empresas Via Verde, São Pedro, Global GNZ e Expresso Coroado. Conforme o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus, o motivo foi a falta de pagamento dos encargos trabalhistas como FGTS e Ticket alimentação, que não são pagos há 45 dias. 

    Por volta das 5h30, os transportes começaram a retornar à normalidade, após um acordo entre o sindicato e as empresas, que se comprometeram a pagar hoje. Os  rodoviários vão aguardar o cumprimento da promessa. Caso não aconteça, outras paralisações podem ser realizadas.

    O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informou que não foi alertado sobre a paralisação e que não conhece os motivos que a levaram a acontecer. No entanto, informou que a circulação dos coletivos já está normalizada. 

    "

    O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informa que não foi notificado e desconhece os motivos da paralisação ocorrida no início desta quinta-feira (14), entre 04h e 5h30min, nas empresas Via Verde, São Pedro, Global GNZ e Expresso Coroado. O Sinetram destaca que a operação já se encontra normalizada. "

    Sinetram,

     

    Apesar de já ter voltado a normalidade, o fluxo de pessoas nos pontos de ônibus ainda é intenso e deve voltar a normalidade ao longo do dia. 

    Leia mais: 

    Ações trabalhistas de funcionários da Açaí são debatidas em Manaus

    Paralisação de "advertência" dos rodoviários pega manauara de surpresa

    Paralisação no transporte coletivo em Manaus é cancelada