Fonte: OpenWeather

    Solidariedade


    Motociclistas e motoclubes de Manaus se preparam para ajudar Hemoam

    A meta é fazer um grande movimento nos dias 11 e 25 de dezembro para contribuir com os estoques de sangue da fundação

     

    Karla Rafaelle (Aguias de Cristo), Israel Viana (Pres. do Águas de Cristo), Aurilex Moreira (AMM), Jailton Frota (Vice - Dietor/AMM) e Rodrigo Carvalho (Solos Christus) promovendo a solidariedade.
    Karla Rafaelle (Aguias de Cristo), Israel Viana (Pres. do Águas de Cristo), Aurilex Moreira (AMM), Jailton Frota (Vice - Dietor/AMM) e Rodrigo Carvalho (Solos Christus) promovendo a solidariedade. | Foto: Carlos Araújo

    Manaus - Um gesto de união e amor entre os motociclistas de Manaus vai garantir o abastecimento dos estoques de sangue para atender a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), neste período natalino, quando a tendência das doações é de queda, por conta das festividades, contrapondo o aumento da demanda. 

      Na tarde desta quinta-feira (18), representantes de grupos como o “AMM” (Adventist Motorcycle Ministry), “Solos Christus” e “Águias de Cristo”, compareceram na sede da instituição, na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, Zona Centro-Sul da cidade, para anunciar que, no próximo dia 11 de dezembro, a categoria vai comparecer em massa para colaborar com a doação de sangue.  

    De acordo com o professor Aurilex Moreira, 43 anos, integrante do AMM, a meta é mobilizar todos os motoclubes, motogrupos e ministérios de motociclistas de Manaus para ajudar na ação.

    "

    “O objetivo é fazer um grande movimento nos dias 11 e 25 de dezembro para contribuir com a ação e se você tem uma moto, depende dela para trabalhar ou utiliza moto venha participar conosco. Um dos pilares que rege os motociclistas é a irmandade, a honra, respeito e igualdade. Uma das maiores demandas de sangue é dos irmãos motociclitas que ganham seu pão usando o veículo e, se sofrem algum acidente, recorrem ao Hemoam” "

    , , explicou.

     

    Um dos objetivos da ação, segundo Aurilex, é preparar o campo, ainda, para a futura existência de um dia dedicado ao doador motociclista.

    “A gente quer instituir um dia específico no ano, para quem sabe ser um dia municipal, estadual ou quem sabe nacional. Se nos demandamos, temos que colocar em prática aquilo que pregamos, que é a irmandade. Queremos pregar que todos nós somos iguais”, disse.

    A secretária Karla Rafaelle, 38 anos, pertence ao “Aguias de Cristo” e aproveitou para convocar as mulheres do grupo para o evento.

    “Porque sei um dia eu posso precisar e vocês, também. Então, peço para todas as motociclistas mulheres. Venham nos dias 11 e 25”, comentou.

    O pedido foi complementado pelo técnico em refrigeração, Rodrigo Carvalho, 41 anos, do “Solos Christus”, que ressaltou a importância, também, dos profissionais que trabalham com delivery.

    “Eles nos ajudaram demais no momento da pandemia e são a parte mais frágil. Eles precisam de ajuda e até alguém da nossa família. Há mais de 08 anos, eu precisei e consegui uma doação e foi um sucesso”, ressalta.

    Exemplo

    Um dos exemplos de amor ao próximo é Sebastião Maia, do AMM, de 61 anos, que já realizou mais de 120 doações de sangue na Fundação Hemoam, sendo um dos doadores mais antigos do Amazonas. Emocionado, ele fala com orgulho da época em fazia o gesto de solidariedade, mesmo antes da construção do órgão no Estado.

    “Antes de existir o Hemoam, eu já doava na Santa Casa de Misericórdia, no Getúlio Vargas. Exatamente, são 41 anos exercendo a solidariedade ... Você motociclista, esteja conosco nessa ação solidaria”, falou.

     

     Sebastião Maia, do AMM, que já realizou mais de 120 doações de sangue na Fundação Hemoam e é doador há 41 anos.
    Sebastião Maia, do AMM, que já realizou mais de 120 doações de sangue na Fundação Hemoam e é doador há 41 anos. | Foto: Carlos Araújo

    Gratidão

    A gerente de captação de doadores do Hemoam, Flávia Rezende, agradeceu a mobilização dos motociclistas para ajudar a repor os estoques de sangue do órgão.

    “A gente fica muito feliz, quando fechamos com novos parceiros. Principalmente, no fim do ano, quando caem as doações. Nosso estoque está passando por um período delicado, tem ocorrido muitas cirurgias e exige distribuição para todo o Amazonas. Inclusive, precisamos da doação do tipo O+. Se você tem boa vontade e boa saúde, pode se tornar um parceiro nosso como o seu Sebastião”, comemora.

    A Fundação Hemoam também promovendo a à Semana Nacional do Doador de Sangue, que será realizada nos dias 22 a 27 de novembro, com uma programação especial para homenagear os doadores com homenagens, sorteio de brindes e atrações. 

     

    A gerente de captação da Fundação Hemoam, Flávia Rezende, agradeceu ao gesto de amor ao próximo.
    A gerente de captação da Fundação Hemoam, Flávia Rezende, agradeceu ao gesto de amor ao próximo. | Foto: Divulgação

    Como doar

    Para doar é preciso estar saudável, bem alimentado e descansado, ter mais de 50kg de peso, ter entre 16 e 69 anos e apresentar um documento oficial e original com foto. Doadores menores de 18 anos precisam comparecer acompanhados dos pais ou responsável legal.

    Leia mais: 

    Hemoam convoca classificados em Seleção para entrega de documentos

    Hemoam atualiza estratégias para cadastro de medula óssea no Amazonas

    Hemoam tem queda nas doações e convoca doadores em Manaus