Fonte: OpenWeather

    Prisão em flagrante


    Polícia prende cinco homens por roubo e furto no AM

    Na ação, duas pessoas foram presas por roubar fiação elétrica de uma igreja

     

    As prisões aconteceram pelo crime de roubo, furto qualificado e receptação
    As prisões aconteceram pelo crime de roubo, furto qualificado e receptação | Foto: Divulgação/PC-AM

    Tapauá (AM) - Quatro pessoas foram presas em flagrante, na segunda-feira (29), pela Polícia Civil em Tapauá, a 449 quilômetros de Manaus. A ação policial também resultou em um cumprimento a mandado de prisão preventiva . As prisões aconteceram pelo crime de roubo, furto qualificado e receptação que ocorreram em diversas zonas do município.

    Foram presos em flagrante Wanglesson de Souza Schaffner, 26, conhecido como “Ruan”, por roubo; João Batista Rodrigues da Silva, 26, chamado de “JB”; e Waldeci Alexander da Silva, 36, o “Walder”, ambos presos por furto qualificado; e Leonardo da Silva Braga, 66, conhecido como “Gileo”, por receptação.

    Segundo o investigador de polícia Alan de Andrade, gestor da 64ª DIP, Wanglesson foi preso após roubar um aparelho celular na noite do último domingo (28), por volta das 21h, no bairro Açaí.

    "

    Ainda no decorrer da ação, efetuamos as prisões de João Batista e Waldeci, que foram presos pelo furto qualificado da fiação elétrica de uma igreja, que ocorreu naquela madrugada, por volta das 2h30. Identificamos e prendemos ainda Leonardo, pela receptação do material furtado pela dupla "

    relatou o gestor.,

     

    Mandado de prisão

    De acordo com o investigador, ainda na manhã de segunda-feira, por volta das 11h, os policiais efetuaram o cumprimento do mandado de prisão preventiva em nome de Francinaldo Fonseca da Silva, 20, pelo roubo de uma motocicleta e um aparelho celular, delito praticado no dia 15 de novembro deste ano. A decisão judicial foi expedida no dia 28 de novembro deste ano, pela juíza Priscila Maia Barreto, da Comarca de Tapauá.

    Procedimentos 

    Wanglesson e Francinaldo irão responder por roubo, enquanto João Batista e Waldeci responderão por furto qualificado e Leonardo por receptação. Os cinco homens permanecerão na carceragem da unidade policial, à disposição da Justiça.

    *Com informações da assessoria. 

    Leia mais 

    Rio Preto da Eva libera uso de máscara em locais abertos

    "Vamos trabalhar para um Natal sem máscara", diz ministro Queiroga

    China espera ter coronavírus sob controle no fim de abril