Fonte: OpenWeather

    Carnaval


    Kamélia chega em Manaus e abre oficialmente o Carnaval de 2020

    Almerinho afirmou: “Teremos muitas surpresas este ano, inclusive um encontro da Kamélia com outro personagem famoso do carnaval”

    Por lei do ex-vereador Arlindo Júnior, cuja missa de sétimo dia pelo seu falecimento foi celebrada também neste sábado, e sancionada pelo prefeito Arthur Neto, a chegada da Kamélia representa a abertura do calendário oficial das festas carnavalesca na cidade | Foto: DIVULGAÇÃO/SEMCOM

    Manaus - O mais importante símbolo do carnaval de Manaus, a boneca Kamélia, chegou neste sábado (4), na cidade, com a proposta de resgatar os antigos bailes de salão nos clubes de Manaus. Ao som das tradicionais marchinhas, executadas pela Banda da Polícia Militar, a Kamélia recebeu as chaves de Manaus das mãos da secretária da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Conceição Sampaio, representando o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

    Desde 2013, por lei do ex-vereador Arlindo Júnior, cuja missa de sétimo dia pelo seu falecimento foi celebrada também neste sábado, e sancionada pelo prefeito Arthur Neto, a chegada da Kamélia representa a abertura do calendário oficial das festas carnavalesca na cidade. O ato deste sábado também se reverteu em homenagem a Arlindo Júnior.

    “Em nome do prefeito Arthur Neto nós temos o prazer de declarar oficialmente aberto o carnaval de Manaus. A boneca Kamélia representa exatamente o resgate da maior festa popular que nós temos e é muito importante esse momento e nós queremos que todos se envolvam para que tenhamos um carnaval tranquilo”, disse Conceição Sampaio.

    Conceição fez questão de prestar homenagem ao artista Arlindo Júnior. “Foi exatamente por iniciativa dele que a chegada da Kamélia se tornou a abertura oficial do carnaval. Então é uma homenagem muito justa, muito merecida”, destacou.

    O presidente do Olímpico Clube, detentor da Kamélia, Almério Botelho, disse que este ano o objetivo da Kamélia é fazer o resgate dos grandes carnavais de salão, com as marchinhas, o frevo e outros personagens símbolos do carnaval. “O carnaval tem vários segmentos: as escolas de samba, o carnaval de rua e também o carnaval de salão. Durante os últimos 10, 15 anos, houve uma troca dos salões pelas ruas, mas a população quer os bailes de carnaval de salão de volta, principalmente pelo seu encanto e pela segurança”, afirmou Almerinho.

    Exatamente por isso, este ano ao invés de sambas executados pelas baterias de escola de samba, a Kamélia foi recebida ao som das marchinhas de carnaval e frevo executados pela Banda da Política Militar. Após a pequena cerimônia onde recebeu as chaves da cidade e de agraciar os presentes com seus bailados, a Kamélia embarcou em carro aberto em direção ao Olímpico Clube, na zona Oeste da cidade, onde abriu o primeiro baile de carnaval da cidade, fazendo outro resgate: o baile da Kamélia, que por muitos anos foi tradicional naquele clube e que deverá voltar a ser consagrado no calendário carnavalesco.

    “Teremos muitas surpresas este ano, inclusive um encontro da Kamélia com outro personagem famoso do carnaval”, adiantou Almerinho.

    *Com informações da assessoria