Fonte: OpenWeather

    Pesquisa científica


    ‘Brasil contemporâneo: crises e críticas’ é tema de evento na Ufam

    O evento explora a realidade social, o indivíduo e suas relações investigando fenômenos e fatos sociais relevantes para o entendimento da sociedade

    O evento acontece entre os dias 7 e 11 de outubro, no Auditório Rio Negro, localizado no setor Norte do campus universitário | Foto: Lucas Silva

    As inscrições para a décima terceira edição da Semana Acadêmica de Ciências Sociais da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) estão abertas até dia 6 de outubro e podem ser realizadas aqui. O evento acontece entre os dias 7 e 11 de outubro, no Auditório Rio Negro, localizado no setor Norte do campus universitário, e, explora a realidade social, o indivíduo e suas relações, investigando fenômenos e fatos sociais relevantes para o entendimento da sociedade.

    Segundo Tiago Oliveira, presidente do Centro Acadêmico de Ciências Sociais (CACS) da Universidade Federal do Amazonas afirma que o evento ressalta a importância da pesquisa científica no cenário atual. "Foi criado a 'Pesquisa em Movimento' com o intuito de dar visibilidade para os núcleos de pesquisas da UFAM. Temos o objetivo de mostrar para o público em geral as pesquisas que estão sendo feitas nas ciências humanas e sociais.", ressaltou o organizador.

    As inscrições podem ser realizadas até o dia 6 de outubro
    As inscrições podem ser realizadas até o dia 6 de outubro | Foto: Divulgação

    Com o tema ‘Brasil contemporâneo: Crises e críticas’, a Semana inclui mesas-redondas, minicursos e a proposta de ‘Pesquisa em Movimento’, ao qual terá a participação de núcleos, laboratórios e Instituições que contribuem com a pesquisa no Amazonas. Confira a programação:

    Mesas

    1. “Futuro da Educação: A quem interessa?”

    2. “As políticas de contrarreforma: o SUS, a previdência e a assistência social”

    3. “Gênero, Sexualidade e Violência:Perspectivas sociais e Formas de resistência”

    4. Conferência de encerramento: “Florestan Fernandes: os desafios e os impasses das Ciências no Brasil” (Prof. Renan Freitas Pinto)

    Pesquisas em Movimento

    1. Laboratório de Análise de Redes, Políticas Públicas e Governança ( LARGOV)

    2.Núcleo de Estudos da Amazônia Indígena (NEAI)

    Minicurso

    1. “Pesquisa Antropológica em meio urbano” (Prof. Sérgio Ivan Gil Braga)

    2. "Mercados ilegais, (in) seguranças e punição no Brasil" (Prof. Fábio Candotti)

    Lançamento

    O CACS aproveita também para anunciar o lançamento do livro "Decolonialidade & Sociologia na América Latina", organizado pelos pesquisadores Edna Castro e Renan Freitas Pinto. O lançamento acontece no dia 11 de outubro, último dia do evento, onde será realizada também uma sessão de autógrafos com os interessados.

    Renan Freitas Pinto e Edna Castro no lançamento do livro na Universidade Federal do Pará (UFPA)
    Renan Freitas Pinto e Edna Castro no lançamento do livro na Universidade Federal do Pará (UFPA) | Foto: Divulgação

    Renan Freitas Pinto é responsável pela criação de um núcleo de estudos sobre a Teoria Crítica com Ênfase na Obra de Theodor W. Adorno, a partir do qual se originou Projeto de Pós-Doutorado atualmente desenvolvido na USP, sob o Título: A Recepção de Theodor W. Adorno no Brasil, sob orientação do Prof. Dr. Wille Bolle.

    O professor irá também realizar uma sessão de autógrafos
    O professor irá também realizar uma sessão de autógrafos | Foto: Divulgação

    Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Amazonas. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia do Desenvolvimento, atuando principalmente nos seguintes temas: amazônia, pensamento social, história das idéias, desenvolvimento regional e trabalho feminino.

    *Com informações da assessoria.