Fonte: OpenWeather

    Educação


    Oito temas de redação que podem cair na edição do Enem 2019

    A expectativa para o tema e conteúdos de apoio sempre são fortemente discutidos por especialistas, professores e estudantes

    A redação é um dos principais assuntos entre os candidatos | Foto: Reprodução

    Com a aproximação do Exame Internacional do Ensino Médio (Enem) e dos vestibulares de universidades públicas, a redação é um dos principais assuntos entre os candidatos. Considerada o principal desafio de alguns estudantes e a grande vantagem de outros, a Redação do Enem tem apresentado ao longo dos anos temas sobre a sociedade brasileira passíveis de gerar grandes reflexões, mesmo após a aplicação da prova.

    A expectativa para o tema e conteúdos de apoio sempre são fortemente discutidos por especialistas, professores e estudantes. Pensando nisso, o Quero Bolsa, em conjunto com o Cursinho da Poli de São José dos Campos, listou 8 possíveis temas de redação para o Enem 2019. Confira:

    Como melhorar a questão da mobilidade urbana no Brasil

    Dentro desse tema, é importante tomar conhecimento das políticas públicas de deslocamento e a falta de investimento no transporte público e nos alternativos, que contribui ainda mais para problemas como o congestionamento e a superlotação.

    O combate às epidemias no Brasil

    Atualmente o índice de epidemias e número de mortes ainda cresce, como no caso da dengue e sífilis, bem como outras doenças que já haviam sido erradicadas, como o sarampo. É importante se atualizar sobre o problema de saúde pública e pesquisar políticas de prevenção.

    O que pode ser feito para aumentar a expectativa de vida entre os brasileiros?

    A expectativa de vida dos brasileiros tem aumentado no últimos anos devido à melhora na qualidade de vida e bem-estar da população. É interessante entender os fatores que levaram a esse aumento e como continuar o crescimento.

    A evasão escolar

    O Censo Escolar, divulgado em 2018 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), mostra que ainda há 2 milhões de crianças e adolescentes fora da escola. Essa evasão pode estar associada a falta de escolas, bullying, falta de condições econômicas dos alunos, dentre outros.

    Como combater o bullying nas escolas do Brasil?

    O bullying, infelizmente, ainda é muito recorrente nas escolas brasileiras e afeta principalmente os adolescentes. É caracterizado pela violência física, verbal e psicológica, e ainda pode ocorrer pelas redes sociais, o chamado cyberbullying. É importante pesquisar sobre casos conhecidos e articular como o bullying pode afetar a vida de uma pessoa até mesmo anos depois dela finalizar a escola.

    O combate à depressão e ao suicídio na sociedade brasileira

    Com o número de casos de suicídio cada vez mais alarmantes, torna-se necessário pensar em políticas públicas para combater a depressão. No Brasil em 2016, segundo o Ministério da Saúde, ocorreu 1 caso de suicídio a cada 46 minutos. 

    A importância da preservação do meio ambiente

    O tema é uma pauta que sempre está em discussão. É importante tomar nota sobre programas de preservação, legislações e conferências ambientais, como Conferência de Estocolmo, Protocolo de Kyoto, Rio+20 e Agenda 21.

    O perigo da escassez da água no Brasil

    Outra pauta no teor ambiental é a questão da crise hídrica no Brasil. É importante entender as causas e consequências dessa crise, pesquisar políticas que já estão em prática e as possíveis soluções futuras.

    Sobre o Quero Bolsa

    O Quero Bolsa conecta alunos a instituições de ensino e oferece vagas e bolsas de estudo em cursos de Ensino Superior, Ensino Básico, Idiomas e Intercâmbio.  Em um cenário em que apenas 15,7% dos adultos brasileiros concluíram a graduação, segundo dados do IBGE, ele cresce a passos largos e já gerou uma economia de mais de R$ 1,3 bilhão para alunos do país inteiro. Atualmente a plataforma conta com mais de 6 mil escolas parceiras, 1.600 instituições de ensino superior, 2.500 de ensino básico, além de mais de 10 mil opções de cursos de idiomas e 50 mil de intercâmbio. Para mais informações acesse: querobolsa.com.br.

    *Com informações da assessoria