Fonte: OpenWeather

    Homenagem


    IEA completa 139 anos e faz homenagem in memoriam à Martha Falcão

    Matriarca e inspiradora das Instituições Educacionais Nelly Falcão de Souza (INFS) foi diretora do IEA no ano de 1971

    Lineyde Vieira, coordenadora pedagógica do IEA e Nely Falcão. Lineyda se formou com a professora Martha Falcão. | Foto: Divulgação

    Manaus - Na última segunda-feira (4), o Instituto de Educação do Amazonas (IEA) completou 139 anos e, para celebrar a data, foi realizada cerimônia para destacar alunos, funcionários e educadores que fizeram parte da história da instituição. Entre os destaques da noite, a homenagem in memoriam à professora Martha Falcão. A matriarca e inspiradora das Instituições Educacionais Nelly Falcão de Souza (INFS) foi diretora do IEA no ano de 1971, e professora de Ciências por mais de 10 anos, no curso de suficiência para o Magistério.

    A placa de homenagem foi entregue para a diretora das INFS, Nelly Falcão, pelas mãos da atual coordenadora pedagógica do IEA, Lineyde Dabela Vieira. “Ficamos extremamente emocionados com o reconhecimento do trabalho da minha mãe, que durante toda a sua vida teve uma história de amor e dedicação à educação”, destacou a professora Nelly.

    Durante o evento, Lineyde recorda que foi colega de faculdade da professora Martha Falcão. “Minha última lembrança dela foi aqui mesmo no IEA, quando veio receber uma homenagem de projetos pedagógicos que teve grande grande participação dela. Sem dúvida, ela foi alguém que construiu uma página importante na história da educação do Amazonas”, conta a coordenadora do Instituto.

    Martha Falcão foi graduada em Serviço Social e Química pela Escola de Serviço Social de Manaus e pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras, foi Mestre em Botânica pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), além de mais de 50 anos de magistério, dos quais dedicou a todos os níveis de ensino, do básico ao superior. Publicou vários trabalhos relacionados ao meio-ambiente.

    Comemorações

    Fundado em 1880, o IEA iniciou como espaço de preparação para professores, por meio do Curso Normal, e seguiu assim até que a graduação se tornou obrigatória, em 2002, quando passou a oferecer apenas o Ensino Médio. Atualmente, a instituição atende cerca de 1.100 alunos do Ensino Fundamental 2 e Médio, em tempo integral.

    Durante esta semana, a escola sediará rodas de conversas e leituras, exposições e saraus. Na sexta-feira (08), haverá ainda um jantar dançante no Salão Nobre do IEA para 200 convidados. 

    Ainda em clima de festa, a instituição já começou os festejos para o seu aniversário de 140 anos, com o lançamento de uma logomarca, mascotes e páginas nas redes sociais. O IEA promete no próximo ano realizar eventos para ex-alunos, além de inaugurar uma sala museu com itens, como fotos e fardamentos.