Fonte: OpenWeather

    Educação


    Ouvidoria da Educação Particular já realizou mais de 130 atendimentos

    Principais demandas são solicitações de descontos em mensalidades, dúvidas e informações

    | Foto: Divulgação

    Solicitações de descontos em mensalidades, dúvidas e informações sobre prática pedagógicas estão entre os principais atendimentos realizados pela Ouvidoria da Educação Particular do Amazonas. Criado há cerca de três semanas pelo Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (Sinepe-AM), o canal já realizou 132 atendimentos, sendo 30 somente nesta semana, e solucionou 96% dos casos recebidos.

    A presidente do sindicato, Elaine Saldanha, destaca que a Ouvidoria da Educação Particular se tornou um canal de concentração das ações de ensino do segmento, em meio à crise causada pelo Coronavírus, que atinge a todos indistintamente.  

    “Temos buscado atender com eficiência e rapidez, pois é através desse canal de comunicação que podemos ajudar pais, alunos, além das instituições de ensino associadas e não associadas ao Sinepe-AM, quanto às legislações que regem o setor”, destaca.

    Ela ainda reforça que, embora as aulas presenciais estejam suspensas, as escolas estão funcionando, com professores e demais funcionários trabalhando, oferecendo atividades pedagógicas on-line, conforme estabelece a legislação e mantendo todos os salários em dia.

    “A relação família-escola é fundamental neste momento que estamos passando. Agora, mais de nunca, é necessário que pais, alunos, professores e comunidade estreitem seus laços e tornem a educação um processo coletivo. Todos saem ganhando”, aponta a presidente do Sinepe-AM.

    A Ouvidoria da Educação Particular do Amazonas funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelo WhatsApp (92) 98463-4660. O canal fica responsável por receber solicitações para encaminhá-las aos representantes financeiros e pedagógicos das instituições de ensino, acompanhando as providências e soluções, dando o respectivo retorno aos interessados.

    *Com informações da Assessoria