Fonte: OpenWeather

    Pandemia Covid-19


    Secretário em Manaus grava vídeo e fala sobre a luta contra o Covid-19

    Secretário da prefeitura Antonio Nelson de Oliveira Junior: " “É um processo muito doloroso, que não desejo a ninguém. Percebi que a nossa vida é frágil demais, principalmente diante desse vírus que é invisível e perigoso”, disse em depoimento gravado em vídeo.

    Secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Prefeitura de Manaus, Antonio Nelson de Oliveira Junior, 39, foi acometido pela COVID-19
    Secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Prefeitura de Manaus, Antonio Nelson de Oliveira Junior, 39, foi acometido pela COVID-19 | Foto: semcom

     MANAUS (AM) - Após 50 dias de tratamento contra a COVID-19,  o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Prefeitura de Manaus, Antonio Nelson de Oliveira Junior, 39, encontra-se em recuperação da Covid-19, causada pelo novo coronavírus. “É um processo muito doloroso, que não desejo a ninguém. Percebi que a nossa vida é frágil demais, principalmente diante desse vírus que é invisível e perigoso”, disse em depoimento gravado em vídeo. 

    “Saber que um servidor tão dedicado, como o Antonio Nelson, se recuperou dessa doença maligna me deixa confiante de que venceremos essa guerra", disse o prefeito Arthur Virgílio Neto, destacando a atuação do Hospital de Campanha Municipal Gilberto Novaes, no tratamento da Covid-19. 

    Doença do secretário

    O diagnóstico da doença no secretário foi confirmado no início do mês de março e, em pouco tempo, o caso de Nelson se agravou. Ele ainda está em tratamento das sequelas deixadas no corpo em função dos 38 dias de internação hospitalar, 18 deles em coma induzido. "Quando me disseram que ia precisar ser intubado fiquei sem chão e soube que, a partir dali, estava nas mãos de Deus. Na UTI vi pessoas ao meu redor morrerem e cheguei a me perguntar se eu seria o próximo”, desabafou. 

    O secretário relatou momentos difíceis no isolamento hospitalar e o sofrimento de familiares e amigos. "Tive momentos de alucinação, o que deixava as pessoas próximas a mim completamente angustiadas. Mas sabia que minha mãe e meus amigos estavam comigo, em oração, e isso me deu forças ", revelou. 

    Trombose

    Recuperado, Antonio Nelson ainda luta contra uma trombose na perna direita, consequência da Covid-19. Ele manterá o tratamento com remédios anticoagulantes durante os próximos seis meses. Além disso, uma necrose no final das costas também recebe os cuidados de familiares. “Fiquei com diversas marcas pelo corpo, ocasionadas pelos procedimentos que fui submetido na UTI. São marcas que me farão sempre dar valor à vida. Hoje enxergo a vida de outra forma. Valorizo muito mais a minha existência e a existência dos meus próximos", comentou. 

    Apelo

     O secretário deixou um alerta à população para a gravidade da doença e fez um apelo sobre a importância das orientações de distanciamento social e higienização, recomendadas pelas autoridades de saúde. 

    "Estive muito perto de perder minha vida, talvez por um pequeno detalhe. Por isso, cabe a mim transmitir a mensagem para que as pessoas se cuidem, para que fiquem em casa. Essa não é uma doença qualquer ou um vírus qualquer. Portanto, tomem as atitudes certas, procurem os serviços e as pessoas certas", finalizou o secretário.