Fonte: OpenWeather

    Volta às Aulas


    Cetam anuncia retorno das aulas presenciais no Amazonas

    Medida atingirá 512 alunos de cursos técnicos e 380 de especializações técnicas, em Manaus

     

    A medida atingirá 512 alunos de cursos técnicos na capital e 380 de especializações técnicas também em Manaus
    A medida atingirá 512 alunos de cursos técnicos na capital e 380 de especializações técnicas também em Manaus | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - O Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) voltará com as aulas presenciais a partir do dia 5 de julho.

    O retorno é válido somente para cursos técnicos e especializações técnicas que se encontram em fase de conclusão, na capital e interior do estado. Para os demais cursos, continuará sendo utilizada a metodologia de ensino remoto.

    A decisão foi tomada pelo colegiado do Comitê Técnico-Profissional e Tecnológico (Cotep) da instituição, presidido pelo diretor-presidente do Cetam, professor doutor José Augusto de Melo Neto.

    O Cotep baseou-se no Decreto nº 43.720, de 16 de abril de 2021, que dispõe sobre o retorno facultativo das aulas presenciais e semipresenciais dos referidos cursos.

    A medida atingirá 512 alunos de cursos técnicos na capital e 380 de especializações técnicas também em Manaus.

    As turmas são do Instituto Benjamin Constant (IBC) e escola Padre Estelio Dalison e Francisca Saavedra, unidades do Cetam.

    Já no interior, 3.080 alunos de cursos técnicos de 17 municípios voltarão a ter aulas presenciais.

    O diretor-presidente do Cetam ressalta ser importante esse retorno porque as turmas, em sua maioria, estão entrando na fase do estágio supervisionado ou das aulas práticas.

    "

    Mas essa decisão também foi tomada tendo em vista o quadro da pandemia verificado em cada localidade, que se encontra estável ou com baixas incidências "

    professor doutor José Augusto de Melo Neto, diretor-presidente do Cetam

     


    O professor José Augusto informa que os gerentes do Cetam nos 17 municípios do interior que terão aulas presenciais, bem como os diretores das escolas na capital, estão orientados sobre a necessidade de serem seguidos os protocolos sanitários. Eles são imprescindíveis para evitar risco de contaminação.

    Recomendações

    Na lista repassada aos gestores constam 40 itens com recomendações a serem seguidas à risca. Entre elas está o distanciamento social, bem como o não contato físico no ambiente escolar.

    A máscara continua sendo obrigatória, além do uso do álcool em gel, disponibilizado pelo Cetam em todas as suas escolas.

    A lotação das salas de aula ficará limitada a 50% da capacidade e o distanciamento mínimo entre as carteiras ocupadas será de 1,5 metro.

    Bibliotecas devem funcionar, preferencialmente, para empréstimo de exemplares sem consulta prévia no local. Outra preocupação é com as atividades que fazem parte do planejamento pedagógico.

    Elas devem evitar aglomeração, compartilhamento de materiais e proximidade entre os alunos.

    Mais informações a respeito dos cursos que terão aulas presenciais acesse o site www.cetam.am.gov.br.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Alunos da rede estadual retornam às atividades presenciais

    OBI AM mira sequência do evento que prioriza a formação profissional

    Em Manaus, estudantes são destaque em programa nacional de inovação