Fonte: OpenWeather

    Aplicativo


    'PTinder' é criado para relacionamentos entre pessoas de esquerda

    O nome é uma brincadeira com o nome do famoso app de paquera Tinder e o Partido dos Trabalhadores

    O aplicativo tem como objetivo unir pessoas de esquerda | Foto: Divulgação

    Uma advogada está criando uma plataforma para facilitar o amor entre pessoas de “esquerda”. O aplicativo está sendo chamado de PTinder –uma brincadeira com o nome do famoso app de paquera Tinder e o Partido dos Trabalhadores.

    A iniciativa é da advogada Maria Goretti Nagime, em parceria com a escritora Elika Takimoto, professora e coordenadora de Física do Cefet-RJ.

    De acordo com a coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha, a ideia do aplicativo surgiu depois que um amigo levou um fora. Mônica resolveu ajudá-lo divulgando uma foto dele em suas redes. Disse que era advogado, diretor de escola técnica, bom papo e “de esquerda”. “Por incrível que pareça, foi o que mais atraiu as mulheres”, diz ela.

    A página terá início no Instagram e depois será lançado um aplicativo. O anúncio foi feito através do Twitter, onde Elika afirma que a página tem como intuito facilitar o amor entre 'as esquerdo-pessoas que estão solteiras ou em um relacionamento aberto ou confuso'.