Tecnologia


Banco Central começa cadastramento para PIX nesta segunda; confira

Novo sistema de pagamento e transferências desenvolvido pelo Banco Central promete realizar transferências em até 10 segundos e sem custo para pessoa física

Novo sistema de pagamento e transferências desenvolvido pelo Banco Central.
Novo sistema de pagamento e transferências desenvolvido pelo Banco Central. | Foto: Divulgação

A partir desta segunda-feira (5) começa o cadastramento de informações de clientes interessados em usar o PIX, novo sistema de pagamento e transferências desenvolvido pelo Banco Central.

Com a finalidade de facilitar as transações financeiras, a ferramenta vem com o objetivo de substituir transferência do tipo DOC ou TED e promete realizar transferências instantâneas, tanto para pessoas físicas como empresas, a qualquer hora, em até 10 segundos. 

Livre de taxas para pessoas físicas e MEIs (microempreendedores individuais), grandes bancos e instituições financeiras já estão divulgando o novo serviço, que só será ativado no dia 16 de novembro em todo o país. 

Para cadastrar a chave PIX, o cliente deverá associar à conta bancária, o número do CPF - ou CNPJ - endereço de e-mail ou telefone celular. A chave não é obrigatória para receber ou realizar pagamentos, mas, toda vez que usar o PIX sem a chave, o usuário terá que preencher os dados da conta, como funciona, hoje, a TED, por exemplo. 

Leia mais 

Após filme, buscas por “excluir Facebook” crescem 250%

Empresa lança linha de ar-condicionado 'sem vento' no Brasil

Amazonenses podem participar de Hackathon da NASA