Fonte: OpenWeather

    Icentivo


    Programa seleciona 40 startups para internacionalização em Portugal

    Startups terão acesso a atividades online e gratuitas e as 15 finalistas poderão participar do Web Summit em Lisboa. Inscrições seguem até 21 de junho

    As startups cumprem com a função de continuamente revitalizar o mercado, mas precisam de um ambiente propício para que se desenvolvam e tenham sucesso. A figura da aceleradora surge nesse contexto como um agente fortemente orientado ao mercado, geralmente de origem privada e com capacidade de investimento financeiro, que tem a função de direcionar e potencializar o desenvolvimento das startups. Neste sentido existe o StartOut Brasil, um programa de apoio à inserção de startups brasileiras nos mais promissores ecossistemas de inovação do mundo.

    O StartOut Brasil, está com inscrições abertas para o Ciclo Lisboa 2021. Até 40 startups brasileiras deverão ser selecionadas para participar da primeira etapa do ciclo. O evento acontecerá de forma virtual a partir de julho deste ano. As inscrições podem ser feitas até 21 de junho.

    O Ciclo Lisboa 2021 será dividido em três etapas: Missão Virtual, Missão de Imersão e Missão Follow-up.  Os participantes da primeira missão terão acesso a mentorias coletivas e individuais, treinamento de pitch (como é chamada a apresentação de startups), webinars com players do mercado, apoio de consultoria de matchmaker, para fomentar oportunidades de negócios em Portugal, apresentação online das startups para um grupo qualificado de investidores e aceleradoras de Lisboa (demoday), entre outras atividades. Durante esta etapa, todas as ações serão realizadas de forma online.

    Ao todo quinze startups serão selecionadas para participar da Missão de Imersão. Neste período, existe a possibilidade de participação em missão presencial a Lisboa e no Web Summit, conferência de tecnologia realizada anualmente em Portugal. O Web Summit está previsto para acontecer em novembro deste ano. A realização desta etapa está depende de condições sanitárias que viabilizem o deslocamento internacional da delegação do programa.

    Cinco startups participam da Missão Follow-up, que oferece apoio do programa para que estas empresas retornem ao mercado português para aprofundarem os contatos e oportunidades de negócios prospectados durante a Missão de Imersão. Para essa etapa, serão classificadas as cinco primeiras startups a comunicarem formalmente o interesse em retornar ao mercado e apresentarem sólido projeto e agenda para esse trabalho.

    Lisboa

    Lisboa tem sido considerada um dos principais polos de startups da Europa nos últimos anos, devido a uma série de vantagens como infraestrutura, qualidade de vida e baixos custos operacionais. Para empreendedores brasileiros, a utilização da mesma língua e  a compatibilidade cultural facilitam tanto o cotidiano de trabalho, quanto a adaptação dos seus produtos e serviços para o ecossistema local.

    O Subsecretário de Inovação e Transformação Digital da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia. Igor Nazareth, destaca


    "

    A definição dos destinos do StartOut é estratégica. Lisboa reúne fatores positivos relacionados ao mercado, como custo de instalação no país e acesso a capital, e também pontos favoráveis relacionados à cultura de negócios e softlanding. Acreditamos que o ciclo em Lisboa será valioso para fortalecer o Brasil como uma referência mundial em startups "

    Igor Nazareth, Subsecretário de Inovação e Transformação Digital da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia.

     


    O ecossistema de inovação é tão promissor em Portugal que esta é a segunda vez que o StartOut Brasil desembarca por lá. Em 2018 o programa levou 15 startups brasileiras para Lisboa e, na ocasião, muitas delas também participaram da edição do Web Summit daquele ano. A missão do programa naquele ano resultou em parcerias e no início da operação de empresas brasileiras no país, que seguem atuando no mercado português.

    Inscrições

    O StartOut Brasil é voltado para startups em fases maduras com foco em expansão e internacionalização. Também podem participar empresas inovadoras de base tecnológica que já tenham produto ou serviço para comercialização finalizado, Produto Viável Mínimo (MPV) ou protótipo, e que já estejam faturando, preferencialmente acima dos R$ 500 mil, ou que tenham recebido algum tipo de investimento.

    Os projetos serão analisados em quatro dimensões: grau de inovação, mapeamento do mercado de destino, maturidade para inserção internacional e equipe.

    Serviço

    Link para inscrições: https://www.startoutbrasil.com.br/ciclo/ciclolisboa2021/

    Inscrições: 21/05 a 21/06/2021

    Divulgação das selecionadas para a Missão Virtual (até 40 startups): 12/07/2021

    Datas das etapas: Missão Virtual - 13/07 a 15/09/2021; Missão de Imersão (até 15 startups) - 06/10 a 10/11/2021; Missão Follow-Up (5 startups) - 11/11/2021 a 10/04/2022

    Sobre o StartOut Brasil

    O StartOut Brasil é um programa de apoio à inserção de startups brasileiras nos mais promissores ecossistemas de inovação do mundo. Realizado pela Secretaria de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (SEPEC/ME), Ministério das Relações Exteriores (MRE), Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), o programa já passou por mercados como  Paris, Berlim, Miami, Lisboa, Santiago, Toronto, Boston, Xangai, Bogotá, Medellín e Nova York.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais

    Quer fazer pós-graduação na escola de negócios da UEA?

    Voilà AI Artist: app transforma foto em desenho no celular; saiba como

    O que é ciberpedofilia e como proteger crianças e adolescentes?