Fonte: OpenWeather

    Animais exóticos


    Javalis selvagens aproximam-se do Acre e podem causar prejuízos

    A preocupação é o prejuízo que podem causar ao agronegócio, já que andam em bando e destroem todas as plantações que encontram pela frente

    Manaus - Os javalis selvagens, animais que se resultaram do cruzamento entre o javali europeu e o porco doméstico do Brasil pode vir a causar problemas no estado do Acre, na Amazônia Brasileira. 

    Conhecidos como javaporcos, por serem resultado de um cruzamento do javali europeu com o porco doméstico do Brasil, esses animais se reproduziram aos milhares principalmente no interior de São Paulo e estão chegando perto do Acre. O alerta é do engenheiro florestal Ernesto Massyuki Sawaeda, especialista em fauna. As informações são do Blog do Evandro Cordeiro.

    De acordo com o especialista, o alerta precisa ser feito para que o novo governo tome providências no sentido de não causar prejuízos ao agronegócio. Esses animais são conhecidos por andarem em bando e destruírem lavouras inteiras.

    “Caso esses animais cruzem o rio Madeira qualquer produção de grãos aqui estará comprometida. Um bando deles devasta, por dia, 40 hectares de plantação sem muita dificuldade”, assegura.

    Os grandes produtores rurais da região centro-oeste contra atacaram os animais, mas mesmo assim ainda não se livraram totalmente. 

    A primeira pesquisa sobre os Javalis e seus híbridos no Brasil aconteceu no Ano de 1998, sob a responsabilidade do engenheiro Ernesto Sawaeda. Em 2011 saiu o primeiro alerta ao agronegócio através de reportagens. Ele avisou que infestação dessa praga seria incontrolável, caso medidas não fossem tomadas. Atualmente se encontra em estágio de reprodução exponencial. Segundo órgãos de proteção à vida selvagem, o Brasil é signatário de um acordo cujo objetivo é evitar esse desastre ecológico. “Sem o controle vai acarretar prejuízos irreversíveis na fauna, flora, pecuária, agricultura e a todo o agronegócio. É preocupante que os animais que seriam de origem exótica à fauna brasileira, esteja se aproximando da Amazônia, que tem um ecossistema diferenciado. 

    Estudo

    De acordo com o Rafael Salerno, autor de um estudo sobre o mapeamento do javali no Brasil, publicado em parceria com a Universidade Estadual Paulista (UNESP), o animal já está presente em praticamente todo o território nacional. Salerno diz que o aumento da população de javalis na natureza é alarmante. “Entre 2007 e 2014 o crescimento foi de 11,5 vezes. Em 2007, por exemplo, o estado de São Paulo tinha 17 municípios com a presença confirmada do animal. Em 2014, esse número saltou para 156 municípios. Em Minas Gerais, eram cinco municípios em 2007 e 91 em 2014. Até em Roraima já temos a presença do javali registrada. Em uma única fazenda em Mato Grosso, com o tamanho aproximado de 20 mil hectares, foi registrado um bando com dois mil animais.