Fonte: OpenWeather

    Garrafas pet


    Preservação do meio ambiente vira gincana para escoteiros de Manaus

    O projeto “O meio ambiente precisa de ajuda” promove a coleta de garrafas plásticas da cidade de Manaus

    A união da diversão e consciência da Alcatéia Hathi potencializam a dinâmica da causa
    A união da diversão e consciência da Alcatéia Hathi potencializam a dinâmica da causa | Foto: Reprodução

    Manaus - Um grupo de escoteiros de Manaus, denominados "escoteiros de Benjamin Constant", realiza um projeto voltado para a preservação do meio ambiente, por meio de uma campanha para arrecadação de garrafas PET.

    O projeto “O meio ambiente precisa de ajuda” promove a coleta de garrafas plásticas da cidade de Manaus, por meio do desafio lançado aos lobinhos escoteiros do grupo Alcatéia Hathi, que utilizarão as garrafas como moeda de troca por outros objetos em uma feirinha, a ser realizada no dia 26 de outubro, no Centro Social Urbano (CSU) do bairro Parque Dez de Novembro, Zona Centro-Sul da capital amazonense.

    As doações de garrafas plásticas também podem ser realizadas até dia 26 de outubro na sede dos escoteiros, localizada também no CSU do Parque Dez.

    Uma garrafa plástica demora até 200 anos para decompor na natureza e, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria do PET (Abipet), são reciclados, anualmente, aproximadamente 50% do plástico descartado. Um número baixo, em comparação com a reciclagem de latas de alumínio que, segundo dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alta Reciclabilidade (Abralatas), já é superior a 90% - índice maior que o dos EUA, do Japão e da Europa.

    Para Akela Augusto, responsável do Grupo Benjamin Constant, a união da diversão e consciência da Alcatéia Hathi potencializam a dinâmica da causa. “O desafio foi lançado para cada Lobinho (a) ter que recolher garrafas PET. A cada 30 unidades, eles ganham um vale, e quanto mais garrafas eles conseguirem mais vales eles vão ter. Esse ato com certeza removera mais garrafas das ruas e rios da nossa cidade", ressaltou.