Fonte: OpenWeather

    Encontro


    Cúpula do Clima: entenda o evento e quais serão os impactos no Brasil

    Encontro tem a função de criar planos para redução de poluentes e emissão de gás carbônico até 2030; saiba mais

     

    Brasil deve enfrentar um ambiente duro nos dois dias de conferência
    Brasil deve enfrentar um ambiente duro nos dois dias de conferência | Foto: Divulgação

    A Cúpula de Líderes sobre o Clima é um evento que discutirá propostas de controle às mudanças climáticas e a redução de emissão de gases poluentes no mundo. O encontro foi uma proposta do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e ocorrerá na nesta quinta e sexta-feira (22 e 24 de abril).

    Além dos Estados Unidos, representantes de outros 40 países foram convidados. Entre eles, os presidentes da Rússia, Vladimir Putin; da China, Xi Jinping; e do Brasil, Jair Bolsonaro. Os três mandatários confirmaram presença no evento que será virtual, devido à pandemia de covid-19. 

    O Brasil deve enfrentar um ambiente duro nos dois dias de conferência pela imagem negativa sobre a questão ambiental do país no exterior. Durante a semana, por exemplo, o enviado especial dos Estados Unidos para questões climáticas, John Kerry, direcionou uma mensagem a Bolsonaro cobrando ações imediatas para o desmatamento ilegal no Brasil.

    O recado veio após Bolsonaro enviar uma carta ao líder norte-americano, Joe Biden, afirmando que se comprometia a eliminar o desmatamento ilegal no país até 2030. Antes do documento, a porta-voz da Casa Branca disse esperar um "comprometimento claro" do Brasil para o fim do desmatamento ilegal.

    O que esperar da Cúpula?

    A Cúpula do Clima vem como um projeto de campanha de Biden. Entre as propostas dos primeiros 100 dias no governo, o presidente norte-americano fez o compromisso de reunir parte dos principais líderes mundiais para discutir o enfrentamento à crise das mudanças climáticas.

    O encontro tem a função de criar planos para redução de poluentes e emissão de gás carbônico até 2030, e assim frear o aumento do aquecimento global.

    Além disso, a Cúpula deve tratar sobre a geração de emprego e renda para países que adotarem o compromisso de ação climática. Outros temas como uso de tecnologia e cooperativismo internacional e benefícios econômicos para combate à devastação também devem fazer parte da programação.

    Impactos sobre o Brasil

    Há expectativa de que o Brasil apresente propostas que indiquem a intenção do governo em cumprir o antecipado na carta de Bolsonaro a Biden, como fim do desmatamento ilegal em 9 anos.

    A depender da participação do país, novos investimentos internacionais podem ser direcionados ao Brasil para financiar medidas de combate à mudança climática, assim como outros benefícios econômicos -- tanto pelos acordos que forem formados quanto pela imagem do país no exterior.

    Outros possíveis impactos

    Na 3ª feira (20.abr), governadores de 23 estados e do Distrito Federal direcionaram uma carta a Biden propondo uma parceria entre o Brasil e os EUA em prol do meio ambiente e desenvolvimento sustentável. O comunicado direcionado ao coordenador do evento pode trazer conteúdos sobre às discussões.

    De forma negativa, os Estados Unidos têm acompanhado os desdobramentos que envolvem o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. O chefe da pasta foi alvo de uma notícia-crime da Polícia Federal, com suspeita de que ele tenha atrapalhado medidas de fiscalização ambiental sobre o desmatamento irregular na Amazônia.

    Por que a Cúpula importa?

    A Cúpula do Clima vai antecipar parte das discussões da Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, a Cop26, prevista para novembro na Escócia. O evento ocorre a cada cinco anos, e é um espaço onde líderes de países entram em acordos sobre a causa ambiental. O início do diálogo pode contribuir com o próximo evento.

    Além disso, há expectativa de que líderes compartilhem novas metas, como redução de emissões de gases poluentes e, possivelmente, definam ações de preservação do meio ambiente.

    *Com informações do SBT News

    Leia mais 

    Ministro do Meio Ambiente bate boca com Anitta nas redes sociais

    Desmatamento na Amazônia pode estar agravando mudanças no clima

    Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia