Fonte: OpenWeather

    Meio Ambiente


    Manaus terá um mês inteiro de ações voltadas ao meio ambiente

    O lançamento da programação ocorreu no Parque Municipal do Mindu, zona Centro-Sul da capital, e foi coordenado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

     

    O lançamento da programação ocorreu no Parque Municipal do Mindu, zona Centro-Sul da capital, e foi coordenado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).
    O lançamento da programação ocorreu no Parque Municipal do Mindu, zona Centro-Sul da capital, e foi coordenado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas). | Foto: João Viana / Semcom

    Manaus (AM) - A Prefeitura de Manaus realizou na manhã desta terça-feira, 1º/6, o lançamento do “Junho Verde”, campanha que conta com uma programação especial voltada para o Mês do Meio Ambiente, comemorado em junho. O lançamento da programação ocorreu no Parque Municipal do Mindu, zona Centro-Sul da capital, e foi coordenado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

    Na oportunidade, no mesmo local foi realizado o lançamento da Campanha Municipal de Combate às Queimadas “Manaus Sem Fumaça”, na qual ocorrerão ações educativas na zona Norte (Área de Proteção Ambiental – APA Sauim-de-Manaus); zona Sul (Prosamim/Educandos); zona Oeste (Margem do igarapé Gigante); e zona Leste (Sauim/Conjunto Lula), ao longo do mês de junho.

    "

    Vamos intensificar as ações de educação, sensibilização e fiscalização para combater as queimadas em nossa cidade. Reforçando a mensagem de: não queime resíduos e a vegetação e diga não ao fogo. "

    Antonio Ademir Stroski, secretário da Semmas

     Além disso, a Semmas fez a abertura da Consulta Pública da Revisão e Atualização do Código Ambiental de Manaus (Lei 605/2001). 
    "

    Preparamos uma programação especial e extensa para debater as políticas voltadas ao meio ambiente. Serão 30 dias de debates, lançamentos de ações, de mesas-redondas, atividades educativas, entre outras iniciativas. "

    Antonio Ademir Stroski, secretário da Semmas

     O evento de abertura contou com a presença do senador Plínio Valério, dos vereadores William Alemão e Raiff Matos, do secretário municipal extraordinário, João Fonseca, e o titular da Secretaria Municipal de Administração (Semad), Ebenezer Bezerra.

    Quem visitou o Parque Municipal do Mindu nesta terça-feira conferiu as intervenções artísticas de Juarez Lima, com esculturas de animais silvestres, como arara e onça, além do mascote da cidade, o Sauim-de-Manaus.

    A técnica em enfermagem Silmara de Menezes é visitante assídua do Parque do Mindu e foi prestigiar a reabertura.

    Moradora do bairro Parque 10 de Novembro, ela frequenta o local para fazer caminhadas,  trilhas e levar o filho Miguel para brincar no cenário de natureza.

    "

    Estava esperando pela reabertura e sentindo muita falta de visitar o parque. "

    Silmara de Menezes, técnica em enfermagem

     

     Outra visitante foi Jucimara Maia, mãe da Ana Clara, que levou a filha e as amigas para uma caminhada no parque. A pequena Clara aproveitou o playground reformado e brincou bastante na manhã ensolarada.

    O Parque Municipal do Mindu fica aberto para visitação de terça-feira a domingo, das 6h às 17h. Não é permitida a entrada sem máscara e de animais domesticados, por ser uma Unidade de Proteção Integral, com presença de fauna silvestre livre.

    Mesas-redondas

    As mesas-redondas não terão programação presencial devido à pandemia da Covid-19, por isso acontecerão em formato de lives, que ocorrerá a partir do dia 2 de junho, sempre transmitidas pela página oficial da Semmas no Facebook, direto do anfiteatro do Parque do Mindu.

    A palestra de abertura terá como tema “Desafios da Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos Urbanos de Manaus”, com a participação do secretário da Semmas, Antonio Stroski, e da representante do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, Suelen Ramos.

    Os temas seguintes que serão discutidos nas palestras, serão “As Áreas de Preservação Permanente de Manaus e a Decisão do Superior Tribunal de Justiça”; “Mobilidade Urbana e qualidade de vida em Manaus”; “Arborização na Cidade de Manaus”; “Igarapés de Manaus: poluição, assoreamento, alagação e ações do poder público”; “Os impactos das ocupações irregulares sobre os ecossistemas remanescentes de Manaus e Qualidade de Vida”; e “Sauim-de-coleira e a ameaça da extinção”.

    Manaus Verde

    Além das palestras, a programação contará com a doação de mudas de plantas nos parques municipais, dentro do Programa Ambiental Manaus Verde.

    A doação de mudas vai ocorrer sempre das 8h às 17h. Além da doação, a Prefeitura de Manaus, por meio da Semmas, irá realizar plantio de mudas nas quatro zonas da cidade durante o mês de junho.

    *Em Tempo com informações da assessoria

    Leia mais:

    Desmatamento na Amazônia em abril é o maior visto no mesmo mês

    Amazônia: desmatamento em abril é o maior dos últimos dez anos

    Especialistas e parlamentares cobram proteção ambiental para Amazônia