Fonte: OpenWeather

    Tecnologia


    Satélite Amazonia 1 chega à órbita com sucesso e inicia transmissão

    Fruto de uma parceria entre o programa espacial brasileiro e a Índia - o lançamento do satélite Amazônia 1 foi comemorado na madrugada de hoje (28) por técnicos, engenheiros e demais membros

     

    O satélite foi lançado no Centro de Lançamento Satish Dhawan Space Centre, em Sriharikota, na Índia.
    O satélite foi lançado no Centro de Lançamento Satish Dhawan Space Centre, em Sriharikota, na Índia. | Foto: Reprodução/Youtube MCTI

     Em apenas 17 minutos após o lançamento, ocorrido à 1h54 (horário de Brasília), o satélite Amazonia 1, do Brasil em parceria com a Índia, alcançou o destino a 752 quilômetros de altitude da superfície da Terra. O lançamento ocorreu a partir do Centro Espacial Satish Dhawan, na cidade de Sriharikota, na província de Andhra Pradesh, na Índia, e marcou o avanço tecnológicos dos dois países.

    O lançamento do satélite

     O lançamento do satélite Amazônia 1 foi comemorado na madrugada de hoje (28) por técnicos, engenheiros e demais membros da equipe de desenvolvimento tecnológico do equipamento.

    O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil, Marcos Pontes, acompanhou o lançamento direto do centro de controle da missão na Índia, e fez questão de reafirmar a parceria entre os dois países.“Este momento representa o ápice desse esforço [de desenvolvimento do projeto], feito por tantas pessoas. Esse satélite tem uma missão muito importante para o Brasil. Essa parceria [entre Brasil e Índia] vai crescer muito. Portanto, muito obrigado pelo lindo lançamento, lindo foguete e por todo o esforço. As bandeiras [da índia e do Brasil] representam exatamente o que estamos fazendo aqui hoje: uma relação cada vez mais forte”, discursou o ministro para a equipe indiana após o anúncio do sucesso da missão.

    Com seis quilômetros de fios e 14 mil conexões elétricas, o satélite tem por objetivo fornecer dados de sensoriamento remoto para observar e monitorar o desmatamento, especialmente na região amazônica, além de monitorar a agricultura no país.

    Missão Amazonia e Plataforma Multimissão

    A Missão Amazonia pretende lançar, em data a ser definida, mais dois satélites de sensoriamento remoto: o Amazonia 1B e o Amazonia 2.  Além de ajudar no monitoramento do meio ambiente, a missão ajudará na validação da Plataforma Multimissão como base modular para diversos tipos de satélites.

    Leia mais:

    Com uma semana em marte, robô grava sons e imagens em 360 graus; veja