Fonte: OpenWeather

    Projetos


    Ciência na Escola tem 712 propostas aprovadas em 26 municípios do AM

    Fapeam divulga resultado do edital lançado em abril deste ano

     

    O número expressivo representa um aumento de 68,94% em relação à edição de 2018 e ultrapassa o recorde anterior de 2020, de 912 projetos inscritos
    O número expressivo representa um aumento de 68,94% em relação à edição de 2018 e ultrapassa o recorde anterior de 2020, de 912 projetos inscritos | Foto: Érico Xavier/Fapeam

    Amazonas - Com investimento de R$ 3.994.320,00 realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado Amazonas (Fapeam), 712 projetos de pesquisa na educação básica, distribuídos em 26 municípios do Amazonas serão contemplados. Os projetos beneficiados foram aprovados no Programa Ciência na Escola (PCE), Edital Nº 004/2021, e serão desenvolvidos por professores e estudantes em escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus. O resultado foi divulgado nesta sexta-feira (9) pela Fapeam. 

      Lançado no mês de abril deste ano, o PCE recebeu um número surpreendente de inscrições, alcançando a marca histórica de 1.088 propostas submetidas por professores de 37 municípios do Amazonas, incluindo Manaus, algo inédito ao longo da trajetória da Fapeam. O número expressivo representa um aumento de 68,94% em relação à edição de 2018 e ultrapassa o recorde anterior de 2020, de 912 projetos inscritos.  


    Do total de propostas inscritas, 768 cumpriram os requisitos e apresentaram a documentação solicitada no edital, seguindo para a etapa da análise de mérito. Nessa fase, 712 projetos foram aprovados na avaliação do Comitê de Especialistas, 112 a mais do que estava previsto no edital e impacta no apoio direto a 2.848 bolsas distribuídas para professores e estudantes. 

    Investimento 

    Na gestão do Governo Wilson Lima o PCE recebeu novos impulsos, com acréscimo no número de projetos no edital, que saltaram de 540 (2018) para 600 (2019); assim como houve aumento nos valores das bolsas, que até então estavam congelados há anos. Para professor o valor saiu de R$ 461 para R$ 560, e para estudantes de R$ 120 para R$ 150. Este ano, foram aprovadas 712 propostas. 

    Cada proposta aprovada no PCE contempla uma bolsa para professor pelo período de seis meses, e até três bolsas para estudantes pelo período de cinco meses. 

    Sobre o PCE

    Pioneiro no país, o PCE é uma ação criada pela Fapeam, desenvolvida em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) e Secretaria Municipal de Educação (Semed Manaus). O programa é direcionado à participação de professores e estudantes, de escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus, em projetos de pesquisa científica e de inovação tecnológica. 

    Prêmio Fapeam de CT&I

    Professores que desenvolveram projetos de pesquisa em escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus, no âmbito do PCE, edições 2019 e 2020, podem concorrer ao  Prêmio Fapeam de Ciência, Tecnologia e Inovação, lançado quinta-feira (9), na categoria de Pesquisa Ciência na Escola. 

      As inscrições estão abertas até o dia 6 de agosto. Todas as informações podem ser conferidas na chamada do Prêmio, disponível no site da Fapeam em www.fapeam.am.gov.br.  


    *Com informações da assessoria


    Leia Mais

    Estudantes de Codajás recebem Prêmio Abric de Incentivo à Ciência

    Deputados do AM defendem incentivo à pesquisa científica para Covid-19

    Especialistas são contra produção veterinária de vacinas para Covid-19