Fonte: OpenWeather

    Ciência, Tecnologia e Inovação


    Prêmio Fapeam de CT&I segue com novo prazo para inscrições

    Com investimento de R$ 248.160,00, as premiações têm valores que vão de R$ 1.650 a R$ 5.720

     

    O Prêmio Fapeam de CT&I visa reconhecer publicamente a trajetória de pesquisadores e profissionais de Comunicação
    O Prêmio Fapeam de CT&I visa reconhecer publicamente a trajetória de pesquisadores e profissionais de Comunicação | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Pesquisadores e profissionais da área de Comunicação contam com novo prazo de inscrição para o Prêmio Fapeam de CT&I.

    A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) prorrogou o período de submissão de propostas no edital até as 17h (horário de Manaus) do dia 16 de agosto.

    As inscrições devem ser realizadas on-line, via SigFapeam, com acesso pelo endereço www.fapeam.am.gov.br.

    O Prêmio Fapeam de CT&I visa reconhecer publicamente a trajetória de pesquisadores e profissionais de Comunicação com relevante atuação para o conhecimento científico, tecnológico, inovativo e socioeconômico do Amazonas.

    Com investimento de R$ 248.160,00, as premiações têm valores que vão de R$ 1.650 a R$ 5.720.

    Os interessados em participar do edital podem concorrer nas seguintes categorias: Pesquisador Destaque, Pesquisador Inovador, Profissional de Comunicação e Pesquisador Ciência na Escola. Cada modalidade tem subcategorias que estão especificadas no edital. 

    A cerimônia de premiação será realizada em novembro.

    A decisão pela prorrogação das inscrições foi tomada devido à indisponibilidade da Plataforma Lattes, cujo acesso é necessário para a submissão de propostas ao Prêmio Fapeam de CT&I.

    O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) está trabalhando para a resolução da dificuldade.

    Categorias do Prêmio Fapeam de CT&I

    • Pesquisador Destaque:

    Podem concorrer cientistas, com título de doutor, que ao longo de sua trajetória tenham contribuído na conversão do conhecimento gerado a partir das pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação em benefícios, diretos ou indiretos, para o desenvolvimento e o bem-estar das populações brasileiras.

    Esta categoria está dividida nas seguintes subcategorias: Ciências da Vida, Ciências Exatas e Ciências Humanas.

    • Pesquisador Inovador:

    É destinado a pesquisadores doutores que tenham gerado inovação, do tipo radical ou incremental, para o setor empresarial ou para o setor público.

    Nesta modalidade, as subcategorias contemplam inovação para o setor empresarial e setor público.

    • Pesquisador Ciência na Escola:

    Professores que desenvolveram projetos de pesquisa em escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus, no âmbito do PCE, edições 2019 e 2020, podem concorrer nas subcategorias Ciências da Vida, Ciências Exatas e Ciências Humanas.

    • Profissionais de Comunicação:

    Destinado a profissionais com atuação no Amazonas e que possam comprovar atuação laboral.

    O prêmio na modalidade está dividido em três subcategorias: Mídia Impressa, Internet e Telejornalismo. Os materiais devem ser de autoria do inscrito.

    Em cada uma das subcategorias serão premiados os pesquisadores que forem classificados em 1º lugar. O 1º colocado em cada subcategoria das modalidades Pesquisador Destaque, Pesquisador Inovador e Profissional de Comunicação serão indicados para a etapa nacional do Prêmio Confap de CT&I– Professor Francisco Romeu Landi – Edição 2021.

    Mais informações podem ser obtidas no edital da premiação, disponível on-line: http://www.fapeam.am.gov.br/editais/chamada-publica-n-o-0012021-premio-fapeam-de-ciencia-tecnologia-e-inovacao-edicao-2021/.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Ciência na Escola tem 712 propostas aprovadas em 26 municípios do AM

    Estudantes de Codajás recebem Prêmio Abric de Incentivo à Ciência

    Prêmio Literário Cidade de Manaus segue com inscrições abertas no AM