Fonte: OpenWeather

    Ebola


    Surto de ebola é o mais letal da história do Congo com 283 mortos

    Esta epidemia suplanta a mais mortífera da história do Congo, que ocorreu na cidade de Yambuku, no norte do país, em de agosto de 1976

    Pelo menos 235 mortes foram confirmadas em testes de laboratório e 48 restantes são prováveis
    Pelo menos 235 mortes foram confirmadas em testes de laboratório e 48 restantes são prováveis | Foto: Agência Brasil/Kenny Katombe

    Duzentos e oitenta e três pessoas morreram por ebola no nordeste da República Democrática do Congo (RDC), o que transforma o surto no mais letal da história do país, segundo os últimos dados divulgados pelo Ministério de Saúde local. Pelo menos 235 mortes foram confirmadas em testes de laboratório e 48 restantes são prováveis, de acordo com um relatório, que inclui números atualizados até 8 de dezembro.

    Esta epidemia suplanta a mais mortífera da história do Congo, que ocorreu na cidade de Yambuku, no norte do país, no m de agosto de 1976, e que é considerada como o primeiro surto de ebola registrado no mundo.

    Com uma taxa de mortalidade de quase 90%, naquela ocasião, morreram 280 pessoas dos 318 casos contabilizados. A atual epidemia é também a segunda maior do mundo em número de casos, só atrás da declarada em 2014 na África Ocidental.

    *Com informações da Agência EFE

    Leia mais:

    Ebola: Congo tem 380 casos confirmados e 248 mortes

    OMS pode declarar surto de ebola como emergência internacional

    República Democrática do Congo declara epidemia de ebola no norte