Fonte: OpenWeather

    Drama à bordo


    Brasileiros vivem drama a caminho da Itália: 'vamos fazer o que lá?'

    O drama dos brasileiros em cruzeiro que oferece desembarque na Itália, epicentro do coronavírus: 'Vamos fazer o que lá?'

    . A embarcação comporta 3,7 mil passageiros e tem 200 brasileiros a bordo. Eles iriam atracar na França, mas acabaram impedidos e, agora, novo destino é Gênova
    . A embarcação comporta 3,7 mil passageiros e tem 200 brasileiros a bordo. Eles iriam atracar na França, mas acabaram impedidos e, agora, novo destino é Gênova | Foto: Reprodução/ O Globo

    Manaus - Centenas de brasileiros estão sem poder desembarcar de navios que fazem cruzeiros e, atualmente, estão na Europa à deriva por causa do novo coronavírus. A embarcação comporta 3,7 mil passageiros e tem 200 brasileiros a bordo. Eles iriam atracar na França, mas acabaram impedidos e, agora, novo destino é Gênova

    Um deles é o Cruzeiro Costa Pacífica que saiu de Buenos Aires em 3 de março e passou pelo Rio de Janeiro, Salvador e Maceió entre os dias 6 e 10. A expectativa era que os navegantes passassem por Marselha, na França, nesta sexta-feira, mas o porto da região só permitiu o desembarque de franceses. Agora, a embarcação que comporta 3.780 hóspedes e uma tripulação de 1.110 funcionários deve seguir para Gênova, na Itália, onde há a promessa de finalmente chegar em terra.

    Outro cruzeiro, o MSC Fantasia, saiu do Rio de Janeiro no dia 9 com destino a Gênova e desembarque no dia 28. Em pleno alto mar, o destino foi modificado duas vezes e eles receberam a informação que desembarcariam em Portugal, no próximo dia 22, e iriam direto para o aeroporto onde teriam que embarcar para o Brasil até o dia 26.