Tensão


Azerbaijão ataca sistema lançador de mísseis no território da Armênia

Movimento extrapola o território de Nagorno-Karabakh, onde os dois países estão em conflito armado, e acirra as tensões entre os dois lados

O equipamento atingido estava em seu território, e não na zona de conflito de Nagorno-Karabakh | Foto: Divulgação

O Azerbaijão afirmou nesta quarta-feira (14), que atacou um sistema de lançamento de mísseis da Armênia no território do país vizinho, alegando que ele seria usado para atacar alvos civis azeris. As informações são do G1.

As duas nações estão em conflito desde o fim de setembro por causa de Nagorno-Karabakh, uma região separatista que fica no Azerbaijão, mas é de maioria étnica armênia.

De acordo com as autoridades armênias, o equipamento atingido estava em seu território, e não na zona de conflito de Nagorno-Karabakh.

Em um comunicado, o Ministério de Defesa da Armênia acusou o Azerbaijão de "aumentar a geografia do conflito, atacando o território soberano da Armênia". Os armênios afirmaram que consideram ter o direito de atacar tropas e objetos militares do país adversário.

A porta-voz do ministério, Shushan Stepanian, negou qualquer tentativa de ataque a áreas civis no Azerbaijão.

Foi o quinto dia consecutivo de conflitos após um cessar-fogo negociado na Rússia que, teoricamente, deveria ter entrado em vigor no sábado.