Fonte: OpenWeather

    Mudança climática


    Maior iceberg do mundo avança sobre ilha

    A68 se descolou da Antártida há três anos e existe grande risco de que possa acabar ancorando na costa de paraíso de vida selvagem

    O território ultramarino britânico é uma espécie de cemitério dos maiores icebergs da Antártica | Foto: divulgação

    O maior iceberg do mundo, conhecido como A68, está em rota de colisão com o território ultramarino britânico da Geórgia do Sul.

    O gigante de gelo que se descolou da Antártida há três anos tem tamanho semelhante ao da ilha do Atlântico Sul, e há uma grande possibilidade de que o iceberg possa acabar encalhando na costa desse paraíso de vida selvagem.

    Se isso acontecer, será uma grave ameaça para a fauna local, especialmente pinguins e focas.

    Isso porque as rotas normais de forrageamento dos animais podem ser bloqueadas, impedindo-os de alimentar seus filhotes adequadamente.

    E nem é preciso dizer que todas as criaturas que vivem no fundo do mar acabariam mortas no local onde o A68 "atracar" — algo que levaria muito tempo para ser revertido.

    "Os ecossistemas podem e irão se recuperar, é claro, mas há o perigo de que, se esse iceberg ficar preso, possa permanecer lá por 10 anos", diz o professor Geraint Tarling do British Antarctic Survey (BAS), órgão responsável pelos assuntos relativos aos interesses do Reino Unido na Antártica.

    "E isso faria uma grande diferença, não apenas para o ecossistema da Geórgia do Sul, mas também para sua economia ", acrescenta.

    O território ultramarino britânico é uma espécie de cemitério dos maiores icebergs da Antártica.

    Esses gigantes se descolam vez ou outra do continente gelado em fortes correntes, e acabam na parte rasa da plataforma continental que circunda a ilha remota.

    O A68 — que tem a aparência de uma mão com um dedo para cima — tem andado neste "beco do iceberg" desde que se descolou da Antártica em meados de 2017. Agora está a apenas algumas centenas de quilômetros a sudoeste do território da Geórgia do Sul.