Eleição EUA


'Eleição está longe de terminar, diz Trump após vitória de Biden

Em comunicado, presidente afirmou que a eleição ainda não acabou. Decisão sobre o próximo morador da Casa Branca pode parar nos tribunais

Trump montou uma equipe de advogados para entrar com medidas judiciais
Trump montou uma equipe de advogados para entrar com medidas judiciais | Foto: divulgação


O presidente dos EUA, Donald Trump, não aceitou a derrota para Joe Biden. Neste sábado, ele acusou o democrata de ter se “precipitado” ao anunciar a vitória nas urnas e prometeu contestar o resultado nos tribunais. “O simples fato é que esta eleição está longe de terminar”, disse Trump em comunicado.

“Todos nós sabemos por que Joe Biden está se apressando em fingir que é o vencedor e por que seus aliados da mídia estão se esforçando tanto para ajudá-lo: eles não querem que a verdade seja exposta”, escreveu Trump em um comunicado na página de sua campanha.

“Joe Biden não foi certificado como o vencedor de nenhum Estado, muito menos de nenhum dos Estados contestados onde haverá recontagens obrigatórias, nem Estados onde nossa campanha tem ações legais válidas e legítimas que podem determinar a vitória final”, afirmou o presidente.

Trump montou uma equipe de advogados para entrar com medidas judiciais no Arizona, em Michigan, Pensilvânia e Nevada. Relatos de assessores da Casa Branca indicam que o presidente estaria furioso com seus advogados, exigindo mais ação e resultados. A campanha republicana pretende atrair juristas de peso para uma batalha legal em múltiplos Estados.

*Com informações do Estadão Conteúdo