carne infectada


China encontra coronavírus em embalagem de carne brasileira

Vírus foi detectado em um lote que continha 27 toneladas de carne bovina, procedentes do Porto de Santos, localizado no litoral paulista

O local onde a carne se encontrava foi isolado e desinfectado após a detectação do vírus
O local onde a carne se encontrava foi isolado e desinfectado após a detectação do vírus | Foto: Reprodução

Uma amostra do novo coronavírus foi encontrado em uma embalagem de carne bovina importada do Brasil, pela Comissão Municipal de Saúde de Wuhan, na China. Conforme o comunicado, divulgado nesta sexta-feira (13), o vírus foi detectado em um lote que continha 27 toneladas de carne bovina, procedentes do Porto de Santos, localizado no litoral paulista. 

A carne entrou na costa leste do país asiático, no dia 7 de agosto e chegou em Wuhan dez dias depois, no dia 17, onde permaneceu em um frigorífico até recentemente. De acordo com a comissão, o lote "não havia entrado no mercado" chinês. Medidas de segurança foram adotadas no local onde ele se encontra, como isolamento e desinfecção da área, completa o órgão.

À agência de notícias Reuters, a fábrica brasileira que já foi identificada, informou que não vai comentar o assunto.

Desde junho, a China vem testando amostras de alimentos importados como uma estratégia para tentar conter a entrada do covid-19 no país. 

Mais de 200 amostras ambientais foram coletadas nos últimos dias e 100 funcionários de Wuhan passaram por testes.

*Com informações de Metrópoles

Leia mais: 

Missão da Anvisa vai inspecionar laboratórios de vacinas na China

Conheça os tipos de vacina contra covid-19 que estão sendo testadas

Brasil registra primeiro caso de gato infectado com Covid-19 por donos