Fonte: OpenWeather

    Incidente


    Russo quase fica sem nariz ao tentar beijar cavalo

    Homem quer indenização de dono do cavalo após quase perder nariz

    Homem quer indenização de dono do cavalo após quase perder nariz | Foto: divulgação

    Em São Petersburgo, na Rússia, é comum ver pessoas passeando a cavalo em praças públicas. Mas um acidente aconteceu entre um homem e um equino, que "esqueceu" que era herbívoro ao abocanhar o nariz do jovem.

    O caso, divulgado pelo portal Fontanka, possui três versões diferentes sobre o ocorrido. A de Vasily, que quase perdeu o nariz; a versão de Vera, que testemunhou o acidente; e o relato da polícia local.

    O primeiro diz que estava sóbrio após ter saído de um karaokê e, ao ver duas mulheres passeando a cavalo, chegou perto de uma delas para acariciar o animal, quando levou uma bela mordida no nariz. "Eu bebi ontem, mas não estava bêbado. Mas nunca iria beijar um cavalo porque é perigoso. Eu queria acariciá-lo. Eu o alimentei com cenouras, e então o cavalo se vira bruscamente para mim e morde", falou.

    O versão de Vera é um pouco diferente: ela relata que o homem estava bêbado e foi avisado que o cavalo não gostava que chegassem muito perto de sua cara.

    "Ele saiu bêbado do karaokê e cercou o cavalo da minha amiga, estávamos sóbrias. Fiquei parada e esperei por ela, a uma distância de três metros. O homem pediu para acariciar o cavalo, sendo avisado que o cavalo não devia ser tocado no rosto. Vasily ficou em frente ao focinho. Minha amiga disse: 'tome cuidado, não acaricie o rosto, ela não gosta'. Então ele trouxe seu rosto para o focinho do cavalo a uma distância de 5 a 10 cm", testemunhou. A polícia confirma a versão de Vera, acrescentando a tentativa de Vasily em dar um beijo no animal, o que teria motivado a mordida. Já no hospital, a vítima recebeu alguns pontos para fechar a ferida, mas não precisou ter o nariz imobilizado.

    *Com informações do UOL