Fonte: OpenWeather

    Gripe aviária


    Japão vive surto de gripe aviária e autoridades temem nova pandemia

    O surto atingiu 12 prefeituras do Japão, e um recorde de 3 milhões de aves foram sacrificadas até o momento

    O vírus tendo sido encontrado em um quarto das 47 áreas administrativas do país
    O vírus tendo sido encontrado em um quarto das 47 áreas administrativas do país | Foto: Reuters

    O Japão tem sofrido o pior surto de gripe aviária já registrado no país, que espalhou-se para novas fazendas neta semana. Autoridades de saúde pelo mundo estão preocupadas com a possibilidade de o vírus dar um "salto" para a espécie humana, causando uma pandemia como o novo coronavírus.

    O vírus tendo sido encontrado em um quarto das 47 áreas administrativas do país, conhecidas como prefeituras, o que levou autoridades a ordenar o abate de aves.  

    Cerca de 32 mil aves foram abatidas e enterradas na cidade de Sukumo, na prefeitura de Kochi, no Sudeste do Japão, após a descoberta da gripe aviária em uma fazenda de produção de ovos.

    Mais aves contaminadas foram encontradas em duas fazendas na prefeitura de Kagawa, onde a epidemia começou no mês passado. Desde então, quase 30 mil aves foram sacrificadas por lá, segundo o ministério.

    O surto atingiu 12 prefeituras do Japão, e um recorde de 3 milhões de aves foram sacrificadas até o momento. O ministério afirma que pessoas não podem ser contaminadas pela "influenza" aviária ao comer ovos ou carne de aves infectadas.

    *Via Agência Brasil

    Leia mais:

    Governo prevê vacinação cinco dias após aval da Anvisa

    Dezembro verde: mês de luta contra abandono de animais