Fonte: OpenWeather

    Ameaça à saúde


    Estudante fica 58 dias internado por uso frequente de energético

    O jovem de 21 anos chegou a tomar energético por dois anos para conseguir concluir trabalhos da faculdade

     

    Por dia, ele tomava quatro latas de 500 ml cada uma durante dois anos
    Por dia, ele tomava quatro latas de 500 ml cada uma durante dois anos | Foto: Divulgação

    Mundo - Um estudante de 21 anos ficou internado por 58 dias após consumir energético por dois anos consecutivos. Segundo o jovem, o uso frequente ajudava a dar energia para realizar os trabalhos da faculdade. Por dia, ele tomava quatro latas de 500 ml cada uma em todo esse período. 

    No entanto, o rapaz ignorou os sintomas negativos que o corpo apresentou nos meses anteriores e continuou usando. Como resposta ao uso contínuo do energético, o estudante desenvolveu uma cardiomiopatia, doença do coração, que dificulta o funcionamento normal do órgão, podendo chegar a insuficiência cardíaca.

    Além de apresentar perda de peso, tremores, dores de cabeça, batimento cardíaco acelerado e mal-estar geral, o homem também teve insuficiência renal com retenção urinária e quatro meses de  falta de ar. Como consequência da internação recente, foi descoberto falência cardíaca e nos rins. 

    Segundo o BMJ Case Reports, o jovem deu entrada em um hospital três meses antes, depois de apresentar tosse, febre e falta de ar. Para tratar, foi prescrito vários antibióticos. Pelos exames, ele não usava drogas ilícitas, e tinha parado de fumar há três anos. 


    Leia mais:

    Alerta: Jovem morre após ingerir cerveja com energético em bar

    Arritmias cardíacas: 10 informações úteis para seu coração bater no ritmo certo

    Cardiologistas alertam para perigo da mistura de álcool com energético


    <<<<<<< HEAD ======= >>>>>>> e5a666b371d90e4920345db9572e28a6ed1fabe8