Fonte: OpenWeather

    Redes sociais


    Indonésia deve deportar youtubers após "brincadeira"

    Um dos participantes pintou uma máscara no rosto, o que desrespeita as normas de segurança contra a Covid-19 no país

     

    Vídeo, postado em 22 de abril, se tornou viral
    Vídeo, postado em 22 de abril, se tornou viral | Foto: Reprodução

    Dois youtubers tiveram os passaportes apreendidos e correm o risco de serem deportados da Indonésia após um deles pintar uma máscara no rosto para tentar burlar as exigências do país contra a Covid-19. A “brincadeira” de Josh Paler Lin e Leia Se ocorreu em Bali e foi publicada nas redes sociais da dupla. 

    Na gravação, Leia Se tenta entrar em uma mercearia, mas é impedida por estar sem a máscara facial. Em seguida, Lin pinta o acessório no rosto da garota e ela consegue entrar na loja.

    O vídeo, postado em 22 de abril, se tornou viral. Lin tem 3,4 milhões de inscritos em seu canal no YouTube.

    A Indonésia tem cumprido rigorosamente as determinações para o uso de máscara. A polícia pode aplicar multas na primeira ocorrência e deportar estrangeiros na segunda.

    Passaportes confiscados

    Embora esta tenha sido a primeira ofensa conhecida de Lin e Se, a confusão em torno do vídeo atraiu tanta atenção que as autoridades balinesas confiscaram os passaportes de ambos. Lin é supostamente de Taiwan, mas vive nos Estados Unidos, enquanto Se (que atende pelo nome de Lisha online) é um cidadão russo, de acordo com um comunicado da polícia. 

    "Eles serão examinados pela Imigração para tomar a decisão de deportá-los ou não", confirmou à mídia local I Putu Surya Dharma, porta-voz do escritório regional do Ministério de Direito e Direitos Humanos em Bali.

     Lin removeu o vídeo de seu canal no YouTube. Em 24 de abril, ele fez uma publicação no Instagram na qual ele, Se e seu advogado se desculpam pela gravação. O vídeo tem legendas em inglês e indonésio.

    “A intenção de fazer o vídeo não foi de forma alguma desrespeitar ou convidar todos a não usarem máscara”, diz Lin. "Eu fiz o vídeo para entreter as pessoas porque sou um criador de conteúdo e é meu trabalho entretê-las."

    Depois, ele acrescenta: "prometemos não fazer de novo". No vídeo em que pedem desculpas, os dois influencers estão de máscaras.


    * Com informações da CNN Brasil


    Leia Mais:


    Vídeo mostra tripulação de submarino dizendo “adeus” em canção; veja

    Submarino indonésio é encontrado com todos os 53 tripulantes mortos

    Fazendeira desaparecida é encontrada dentro de cobra píton; veja