Fonte: OpenWeather

    Acidente no metrô


    Governo da Cidade do México vai solicitar perícia internacional

    "Estamos buscando uma empresa internacional com certificação tanto em metrô como em assuntos estruturais", disse prefeita

     

    Quatro dos mortos confirmados continuam dentro do trem devido à dificuldade do resgate dos corpos
    Quatro dos mortos confirmados continuam dentro do trem devido à dificuldade do resgate dos corpos | Foto: Henry Romero/Reuters


    Em entrevista coletiva diária no Palácio Nacional, a prefeita da Cidade do México, Claudia Sheinbaum, informou que vai solicitar uma perícia internacional para analisar as causas do trágico acidente no metrô da capital mexicana, que deixou 23 mortos após o colapso de uma ponte da linha 12.

    "Informamos também que a Procuradoria-Geral deve realizar uma perícia que começou na noite de ontem (segunda-feira), mas estamos buscando uma empresa internacional com certificação tanto em metrô como em assuntos estruturais, para que faça uma perícia técnica externa e possa chegar às causas deste lamentável incidente", declarou a prefeita da capital, Claudia Sheinbaum.


    Ela explicou que, até o momento, foram contabilizados 23 mortos e 79 hospitalizados, os mesmos números divulgados horas antes.

    Entre os mortos, dois perderam a vida nos hospitais. Quatro dos mortos confirmados continuam dentro do trem devido à dificuldade do resgate dos corpos.

    Segundo os detalhes divulgados, 19 mulheres e 60 homens estão internados. Entre os hospitalizados, há três idosos e três menores de idade.

    Sheinbaum explicou que 490 ônibus trabalham na região para oferecer mobilidade aos usuários desta linha do metrô. Questionada, a chefe de governo insistiu que as perícias ajudarão a averiguar o caso.

    * Com informações do UOL


    Leia Mais:


    Vídeo: viaduto com metrô desaba no México e deixa mais de 20 mortos

    Professor de universidade cai de rocha e morre durante escalada em SP